2/27/2007

HINDUÍSMO

Olá!!!

Gente, só abrindo um parêntesis rápido aqui pra explicar uma coisinha. Me perguntaram o que eu achei do paredão do Diego com a Íris no BBB. Eu vou responder de uma forma bem simples: eu tô torcendo contra o Airton, porque ele é o baba-ovo principal do Felipe Cobra. O resto, qualquer outra pessoa que ganhar, pra mim tá valendo a pena. Pelo menos, até agora.
Bom, sendo final do mês, vou começar deixando aqui um link pra utilidade pública, como eu já tinha dito a vocês. Hoje vou deixar o link pro site da Alternativa, uma associação de São Paulo que, desde 1982, trabalha com a integração de pessoas com necessidades neurológicas e/ou psicológicas especiais à sociedade.
Como toda associação beneficente, a Alternativa agradece por qualquer doação que a gente possa fazer. Não necessariamente em dinheiro, mas até em material pra manutenção.
Pra quem puder dar alguma ajuda ou quiser saber como a instituição funciona, tá aí o link pro site:

http://www.alternativa.org.br/ajude.htm

E finalmente, vamos ao tema de hoje: vou dar uma palavra com vocês sobre uma religião bastante liberal e que é uma das que têm o maior número de praticantes no Mundo. Entretanto, apesar de ter por volta de 1.000.000.000 de praticantes, cerca de 900.000.000 deles vivem na Índia. Por isso ela não é muito conhecida no Brasil. Tô falando do Hinduísmo.
Muitos não consideram o Hinduísmo como uma religião única, mas sim como um conjunto de religiões que adoram os mesmos deuses.
O Hinduísmo não é uma religião que tenha dogmas únicos, seguidos igualmente por todos os praticantes.
Na facção indiana do Hinduísmo, existe um sistema de castas que não pode ser mudado nem questionado. Existem castas de agricultores, castas de comerciantes, castas de empregados, castas de guerreiros, castas de sacerdotes... E é na mesma casta você nasce, vive e morre: ninguém passa de uma casta pra outra. Por exemplo, se você nasceu numa casta de agricultores, querendo ou não, você vai ter que trabalhar com agricultura. E vai ser considerado agricultor até morrer.
Conclusão: o Hinduísmo indiano não aceita conversões. Pra eles, se você nasceu hindu, tem que viver como hindu e vai morrer hindu. Porque é preciso pertencer a uma casta pra fazer parte dessa facção da religião. Mas isso é só nessa facção!
Nas outras facções, o único ponto que parece ser estabelecido pra todos os hindus é reconhecer os Três Deuses Maiores:

Vishnu

Shiva

Brahma

Esses Deuses mantêm o Universo funcionando, mas não interagem diretamente no comportamento dos mortais, determinando o que é certo ou o que é errado.
Vishnu é considerado o Maior dos 3, o Deus Supremo, que já encarnou várias vezes entre os mortais pra ensinar a eles como se defender do mal. Algumas facções do Hinduísmo dizem que a encarnação mais recente Dele foi Buda. Outras dizem que foi Jesus.
Os deuses abaixo dos Três Deuses Maiores são os mesmos em toda a religião, mas não são cultuados por todos os praticantes da religião. Esses deuses é que interagem mais diretamente no tipo de vida que os mortais levam. E é a própria pessoa quem escolhe a quais deuses ela vai oferecer culto, abaixo de Vishnu, Shiva e Brahma. E, consequentemente, ela vai seguir aquilo que os deuses que ela escolheu pra servir mandam.
Alguns deuses hindus são louvados através de práticas eróticas, outros exigem a castidade dos seus seguidores, outros são louvados através do jejum, outros são louvados através da meditação, outros são louvados através de rituais funerários... Enfim, com exceção da facção indiana, o Hinduísmo é uma religião que dá muita liberdade às pessoas pra viverem da forma como quiserem viver.
Portanto, nada impede que um gay seja hindu, desde que ele escolha servir a deuses que não se manifestem contra os gays.
Um pouco diferente das religiões que claramente não perseguem os gays, como o Budismo, o Candomblé, a Wicca e o Xintoísmo, no Hinduísmo, simplesmente, depende. Depende da escolha que a pessoa vai fazer, ao se colocar a serviço dos deuses hindus.
E como saber qual deus manda fazer o quê? É só recorrer aos Vedas, que são as Escrituras Sagradas do Hinduísmo: Rig Veda, Atharva Veda, Sama Veda e Yajur Veda.
Esses livros contêm explicações de como as cerimônias devem ser realizadas, os hinos religiosos e as explicações sobre cada deus hindu.
O Rig Veda, considerado o livro principal, deixa claro que, embora existam vários deuses, a Essência Divina é uma só. E insinua até que Vishnu, Shiva e Brahma são simplesmente 3 formas diferentes do mesmo Deus Supremo se manifestar.

L’Induismo è una delle religioni che hanno più praticanti nel Mondo. Ma la parte più grande vive nell’India.
Ci sono molte fazioni diverse con i suoi dogmi diversi in questa religione. Ma tutte quante hanno Visnu, Siva e Brahma come i Tre Dei Maggiori.
Sotto loro, ci sono gli altri dei, che dicono quello che è certo e quello che è sbagliato nel comportamento delle persone. Ed ogni fazione loda i suoi dei, che vogliono cose diverse delle persone.
Questo è detto per i 4 Libri Sacri dell’Induismo: Rig Veda, Atharva Veda, Sama Veda e Yajur Veda.
Un gay (od una lesbica) può essere un praticante dell’Induismo, se sceglie lodare gli dei che non hanno niente contro l’omosessualità. Così, l’Induismo è una delle religioni che accettano i gay, come il Buddismo, il Candomblé, lo Scintoismo e la Wicca.

El Hinduismo es una de las religiones que tienen más practicantes en el Mundo. Pero la parte mayor vive en India.
Hay muchas facciones diferentes con dogmas diferentes en esa religión. Pero todas honran Vishnú, Shiva y Brahmá como los Tres Dioses Mayores.
Abajo de ellos están los otros dioses, que dicen lo que es cierto y lo que es errado en el comportamiento de las personas. Y cada facción honra sus dioses, que quieren cosas diferentes de las personas.
Eso es dicho por los 4 Libros Sagrados del Hinduismo: Rig Veda, Atharva Veda, Sama Veda y Yajur Veda.
Un gay (o una lesbiana) puede ser un practicante del Hinduismo, se elige honrar los dioses que no tienen nada contra la homosexualidad. Así, el Hinduismo es una de las religiones que aceptan los gay, como el Budismo, el Candomblé, el Shintoísmo y la Wicca.

Hinduism is one of the religions which have more practicing people in the World. But most of them live in India.
This religion has many different factions with different dogmas. But all of them worship Vishnu, Shiva, and Brahma as The Three Great Gods.
Under them there are the other gods and goddesses. And these ones say what’s right or wrong about human behavior. And each faction worship its gods and goddesses, who want different things from people.
This is said in the 4 Holy Books of Hinduism: Rig Veda, Atharva Veda, Sama Veda, and Yajur Veda.
A gay (or a lesbian) can be a member of Hinduism. He only has to choose the gods who don’t have anything against homosexuality to receive his worship. So, Hinduism is one of the religions which accept gays, like Buddhism, Candomblé, Shinto, and Wicca.


Bom, até Março!

2/26/2007

FELIZ ANIVERSÁRIO, MARIPOSO-L!

Olá!!!

Bom, amanhã outro amigo meu vai estrear idade nova. É o Luis, ou melhor, o Mariposo-L do blog Mariposo. Então, vão aqui os meus parabéns antecipados pra ele.
E é claro, um abraço pro Mariposo-R. E um beijinho pro Taz.rs
Tudo de bom!

2/24/2007

TRAVESTIS, DRAG-QUEENS, TRANSFORMISTAS, ETC...

Olá!!!

Hoje eu quero falar sobre um grupo de homossexuais que acabam ficando muitas vezes esquecidos pelos próprios homossexuais. Parece meio contraditório, né? Mas é verdade ou não é que quanto mais o cara for afeminado (ou efeminado, como dizem alguns), mais ele é meio deixado de lado pela maioria das pessoas? Agora, imaginem quem é afeminado em fase extrema! Ou seja, imaginem quem, além de ter trejeitos femininos, se veste mesmo de mulher.
Bom, podemos começar o papo com uma pergunta: por onde começa o preconceito contra um homem que se veste assim?
Aposto que muita gente vai dizer que começa pelos homens héteros. É. O preconceito vindo deles é o mais explícito, pelo menos na maioria das vezes. Mas são só eles que têm esse preconceito?
Existe uma diferença muito grande entre uma coisa ser o único problema de uma situação e essa mesma coisa ser o problema principal dessa situação. Talvez o preconceito dos homens héteros até seja o problema principal, mas tá longe de ser o único problema. Muitas mulheres héteros também têm preconceito contra um homem vestido de mulher. Muitos homossexuais (tanto másculos quanto afeminados) também têm preconceito contra um homem vestido de mulher. E, por incrível que pareça, tem até travestis que também têm certos preconceitos contra um homem vestido de mulher! Ou seja, vêm bombas de todos os lados, né?
E parece que o problema é exatamente o fato do cara se vestir de mulher. Porque dá pra perceber, e muito claramente, que um homossexual que se veste de homem e que tem um comportamento másculo não sofre nem a décima parte do preconceito que um homossexual afeminado e que se veste de mulher sofre.
Vocês vêem como é que são as coisas: na Grécia Antiga, onde a homossexualidade masculina era quase obrigatória, havia preconceito contra os homens que se vestiam de mulher! O cara podia dar a bunda pra todos os homens que ele conhecia, mas tinha que ser másculo. Se fosse afeminado, sofria preconceito.
E se a gente parar pra observar, até hoje não chegou a mudar tanto assim, não. Vamos ver isso melhor?
Num programa infantil, um homem vestido de mulher só é bem aceito se for mostrado totalmente na brincadeira ou então se ele tiver disfarçado por algum motivo, como foi o caso da Sacerdotisa Paú, de Shaider (1984), interpretada pelo ator japonês Jun Yoshida.

Numa novela, geralmente também só é bem aceito quando se trata de um personagem cômico. E mesmo assim, a 1ª vez no Brasil em que um travesti apareceu numa novela foi só em 1989, quando a Rogéria fez uma participação especial em Tieta.

Pra dizer a verdade, isso é algo que tá tão distante da maior parte das pessoas (inclusive da maioria dos gays) que muita gente não sabe a diferença entre um travesti, um transformista e uma drag-queen.
A palavra ‘travesti’ é usada de forma genérica pra definir qualquer homem que se veste de mulher. Mas, tecnicamente, essa palavra define um tipo especifico de homem que se veste assim: é quem anda vestido de mulher 24 horas por dia.
Transformista é quem se veste de homem durante a maior parte do tempo e de mulher só pra fazer shows ou se apresentar em algum lugar.
Drag-queen é um travesti exagerado: a maquiagem é super carregada, as roupas e as perucas são super coloridas e tal.
E tem vários nomes populares, né? Espetaculosa, jeça valadona, transex e tal. Aí eu realmente não sei qual é a diferença entre uma coisa e outra. Aliás, se alguém souber e quiser dizer aí nos comentários, agradecemos pelo esclarecimento.
Geralmente, é na adolescência que a pessoa sente o impulso de se vestir assim. Ou na pós-adolescência, lá pelos seus vinte e poucos anos. Mas tem alguns raros casos de pessoas que só sentiram vontade de se travestir numa idade mais madura.
Agora, eu quero dar uma palavra com quem sempre se vestiu de homem, pelo menos até hoje, e tá pensando em mudar isso.
Lembrando sempre que a escolha é de vocês e de mais ninguém, pensem nas dificuldades todas que vocês vão ter. Além do que eu já lembrei até agora, pensem na dificuldade de arranjar emprego, inclusive: se você vai a uma escola, você não vê um professor travesti dando aula; se você vai a uma loja, você não vê um vendedor travesti mostrando as mercadorias; se você vai a uma padaria, você não vê um balconista travesti atendendo; e por aí vai!
Se a gente for bastante sincero, a gente vê que, aqui no Brasil, pelo menos, só tem 2 áreas em que um travesti consegue emprego com uma certa facilidade: no meio artístico e no mercado do sexo.A Rogéria mesmo sempre trabalhou com shows, cantando, dançando e interpretando. E a Bianca Soares trabalhou como garota de programa e, depois, atriz pornô.


Mas e em outras profissões? Vocês vêem algum exemplo? É claro que devem ter várias exceções por aí. Mas são exceções, né?
Não tô querendo desanimar ninguém, certo? Tô apenas abrindo os olhos de vocês pro que vocês vão encontrar.
Bom, não vamos esquecer que, desde que você tenha no mínimo 18 anos, o dono da sua vida é você mesmo e quem decide os rumos que ela vai tomar também é você mesmo. Mas antes de decidir esses rumos, pense nas conseqüências deles. Se você já analisou todas as dificuldades que vai enfrentar (e que não vão ser poucas) por se vestir de mulher, mas mesmo assim você tem muita vontade de se vestir assim, você decidiu que é isso o que você quer e acabou, vá em frente. A escolha é sua.

Hay un grupo de homosexuales que es excluído por la mayoría de los propios homosexuales. Son los hombres que visten ropas femeninas.
Podemos decir que, en la mayoría de las veces, los prejuicios mayores vienen de los hombres heterosexuales. Pero hay también prejuicio venido de las mujeres heterosexuales y de los propios homosexuales.
El problema parece ser el vestirse de mujer, porqué un gay que se viste de hombre y tiene un comportamiento masculino no sufre cási nada del mismo prejuicio que un gay que se viste de mujer y tiene un comportamiento femenino lo sufre.

There’s a gay group which is excluded from the biggest part of the other gay groups. I’m talking about men who wear female clothes.
We can see quite often the prejudice against this kind of gay comes from heterosexual men. But there are also heterosexual women and even gays who have this kind of prejudice.
We also can see the problem seems to be the female clothes. Because a gay man who wears male clothes and has a male bevavior is not a victim of the same kind of prejudice which exists against a gay man who wears female clothes and has a female bevavior.

C’è un gruppo omosessuale che è escluso per la parte più grande dei omosessuali stessi. Sono gli uomini che usano dei vestiti femminili.
Possiamo dire che il pregiudizio più forte viene quasi sempre degli uomini eterosessuali. Ma ci sono delle donne eterosessuali ed anche dei gay che hanno questo tipo di pregiudizio.
Il problema sembra essere usare i vestiti femminili, perché un gay che usa i vestiti maschili ed ha un comportamento maschile non è una vittima dello stesso tipo di pregiudizio che un gay che usa i vestiti femminili ed ha un comportamento femminile.


Até a próxima!

2/23/2007

O PRÍNCIPE COMUM

Olá!!!

Bom, acho que eu acabei criando aqui no blog quase uma tradição de falar sobre príncipes, né? Em todos os meses até agora, eu falei sobre algum. E parece que vocês gostaram. Então, vou seguir em frente por aí. E já que no mês passado eu falei sobre o Príncipe Willem, dos Países Baixos, vou falar hoje sobre o irmão mais novo dele, e que leva uma vida muito menos palaciana do que ele. Com vocês, o príncipe e diplomata Constantijn van Oranje-Nassau.

Constantijn Christof Frederick Aschwin van Oranje-Nassau nasceu em 11 de Outubro de 1969.
Ele era o 3º filho da Beatrix van Oranje-Nassau (ainda uma princesa, na época) e do Claus Geert (um jonkheer).
O irmão mais velho dele, de quem eu já falei, é o Príncipe Willem-Alexander, que nasceu em 1967, e o outro irmão é o Príncipe Johan-Friso, que nasceu em 1968.
Os 3 nasceram durante o reinado da avó deles, a Rainha Juliana I.
Em Abril de 1980, a Juliana I abdicou ao Trono dos Países Baixos. E a filha mais velha dela, a mãe dos 3 meninos, passou a ser a Rainha Beatrix I, a nova monarca do país.
Quanto ao Claus, apesar de ser casado com a nova rainha, o ministério não achou conveniente conceder a ele o título de rei-consorte, já que ele não era bem visto por uma grande parte do povo dos Países Baixos por ser alemão (por motivos históricos, a Alemanha era bem mal vista nos Países Baixos). Mas ele manteve o título de jonkheer e recebeu o título de príncipe-consorte.
O Constantijn era um garoto de 10 anos nessa época. Mas enquanto via a mãe ser reconhecida como rainha, ele já sabia que aquele trono nunca seria ocupado por ele, já que a ordem de sucessão é do mais velho pro mais novo. E na frente dele tinham os 2 irmãos mais velhos dele e mais os filhos que esses irmãos iam ter no futuro. Ou seja, teriam, no mínimo, umas 4 ou 5 pessoas na frente dele na ordem de sucessão. E exatamente por isso, nunca foi cobrada muita coisa do Constantijn em termos de obrigações com a Família Real. E ele sempre foi o que teve mais liberdade, até um certo ponto, pra escolher os caminhos que queria seguir. Afinal, ele nunca vai ser rei mesmo, né?
Assim, o Constantijn se formou em Direito pela Universiteit Leiden. E aí se mudou pra Bélgica, mais especificamente pra Bruxelas, onde foi trabalhar como diplomata no departamento neerlandês da União Européia.
Em Dezembro do ano 2000, ele foi homenageado na França, recebendo o título de Mestre em Administração de Empresas. E depois disso o Constantijn se mudou pros Estados Unidos, onde foi trabalhar na Corporação Financeira Internacional do Banco Mundial, em Washington.
Em Maio de 2001, ele se casou com a bacharel em Artes Laurentien Brinkhorst, filha de um ministro neerlandês. E os 2 se mudaram pra Londres logo depois disso.
Nesse mesmo ano, foi decretado que nenhum dos filhos que o Constantijn tivesse receberia o título de príncipe (porque tavam distantes demais da linha de sucessão pra serem considerados príncipes). Mas, como seriam filhos de um príncipe e netos de uma rainha, ficou determinado que todos os filhos dele receberiam o título de condes.
Assim, em 2002, nasceu a Condessa Eloise; em 2004, o Conde Claus-Casimir; e em 2006, a Condessa Leonore.
Ainda em 2002, o Constantijn sofreu um abalo perceptível com a morte do Claus, já que tinha uma relação muito carinhosa com o pai.

E não muito tempo depois disso ele se mudou pra Bruxelas, onde mora até hoje com a esposa e os filhos.
No tempo livre, o Constantijn gosta de cozinhar e pintar. Ou então de ler e fazer pesquisas.
O Tijn, como é chamado pelos amigos, também nunca deixa de se exercitar, principalmente nos 4 esportes preferidos dele: esqui, futebol, golfe e tênis.
Parece bastante tempo livre, né? E é, realmente. É que, por ser o mais novo dos príncipes, o Constantijn raramente participa de formalidades da Família Real Neerlandesa, o que faz dele o que leva uma vida mais comum entre os 3 irmãos. As obrigações dele são as mesmas de qualquer outro diplomata, e não exatamente as de um príncipe.

Il Principe Costantino Christof Frederick Aschwin van Oranje-Nassau è nato nel 11 d’Ottobre del 1969, come il terzo figlio della Principesa Beatrice van Oranje-Nassau e del Jonkheer Claus Geert.
I suoi fratelli più vecchi sono il Principe Guglielmo Alessandro ed il Principe Johan Friso. Ed i 3 sono nati quando loro nonna, Giuliana I, era la Regina dei Paesi Bassi.
Nell’Aprile del 1980, Giuliana I ha abdicato, diventando Beatrice I la nuova Regina dei Paesi Bassi.
Claus non è diventato il re consorte, ma solo il principe consorte, perché un re tedesco non sarebbe piaciuto alla parte più grande del popolo dei Paesi Bassi.
Lui ha continuato anche ad essere un jonkheer.

Cuando su madre fue hecha la Reina de los Paises Bajos, Constantino tenía solo 10 años. Y él ya sabía que aquel trono jamás sería suyo. Hasta mismo porqué sus 2 hermanos más viejos (y los hijos que esos tendrían en el futuro) tenían la prerrogativa antes de él.
Así, Constantino no tuvo jamás muchas obligaciones relacionadas con la Familia Real. Y él siempre tuvo más libertad que sus hermanos para decidir lo que haría de su vida, pues jamás sería el rey.
Constantino se diplomó en Derecho en la Universidad de Leiden. Y se fue a vivir en Bélgica para trabajar como diplomata en el departamento neerlandés de la Unión Europea.
En Diciembre de 2000, él fue homenajeado en Francia con el título de Maestro en Administación de Negocios. Y después se fue a vivir en los Estados Unidos para trabajar en la Corporación Financiera Internacional del Banco Mundial, en Washington.

In May 2001, Constantijn married Laurentien Brinkhorst, daughter of a Dutch minister. And both moved to London after the wedding.
At this time, it was said that Constantijn’s children wouldn’t be named princes or princesses, because they would be very far from the Dutch Throne. But they would be named counts and countesses because of their royal ancestors.
So, Constantijn’s the father of Countess Eloise, Count Claus-Casimir, and Countess Leonore.
In 2002, Constantijn lost his father. And some time after that, he moved to Brussels, where he’s lived to now with his wife and children.
As the youngest of the princes, Constantijn doesn’t have to attend many public events like most of the Dutch Royal Family.
He’s a diplomat much more than a prince.
In his spare time, Constantijn likes playing football, golf, tennis, and ski. And he also likes cooking, drawing, and reading.


É isso aí. Bom fim de semana pra todos e até a próxima!

2/21/2007

UM NOVO CINQUENTÃO

Olá!!!

Curtiram o Carnaval?rs Bom, daqui pra frente, na prática, é que começa o ano, né? Aliás, esse ano eu já posso até passar a pensar mais em procurar um cara legal pra ter uma relação a 2. Mas isso é papo mais pro futuro.
Bom, o post de hoje ia ser no início do mês. Não foi, vocês já vão ver por quê.
Vamos dar uma olhada hoje no ator e roteirista brasileiro Fernando Eiras.

Fernando Antônio Alvim Eiras nasceu aqui no Rio, em 21 de Fevereiro de 1957.
Ele se formou em Arte Dramática pela Faculdade da Cidade, a atual UniverCidade. E assumiu o nome artístico simplificado de Fernando Eiras.
A base da carreira dele é teatral. Ele é e sempre foi um ator de teatro, muito mais do que um ator de cinema e televisão. E ele já teve em peças dos maiores autores da História do Teatro! Tem vários clássicos no currículo dele.
A estréia do Fernando na televisão foi em 1978, com a novela Sinal de Alerta.
A estréia no cinema foi em 1995, com o filme O Mandarim.
Em 2002, no filme Dias de Nietzsche em Turim, o Fernando tem uma cena de nu frontal. Mas não tem nada de erótico, não. É uma cena puramente artística em que ele dança nu.

Mas, gente, dá pra ver que o Fernando tem coisas interessantes escondidas por baixo dos panos!rs Quem diria que, com aquele jeito meio discreto, sem chamar atenção, ele é isso tudo, né? G Magazine, ATENÇÃO!!!
Talvez o 1º grande trabalho de destaque do Fernando na televisão tenha sido em Xica da Silva, produzida pela extinta Rede Manchete em 1997. E que, aliás, foi reprisada pelo SBT, em 2005.
Como ator, o Fernando teve até agora 23 trabalhos no cinema e televisão. E em 2003, ele estreou como roteirista, escrevendo o texto do seriado espanhol London Street.
Bom, como todo mundo deve saber, o Fernando tá no ar na novela Páginas da Vida, interpretando o Rubinho, um dermatologista gay que mora junto com o Marcelo, interpretado pelo Thiago Picchi.

Como o Fernando é amigo dos pais do Thiago há muitos anos, ele conhece o Thiago desde criança, o que deixou os 2 bem mais à vontade pra fazer certas cenas.
Os 2 personagens foram bem aceitos pelo público. Não teve nenhuma manifestação radical contra eles. E olhem que eles são até uma exceção: na maior parte das novelas, quando existem personagens homossexuais, a homossexualidade deles é apenas insinuada. Mas no caso do Marcelo e do Rubinho, a homossexualidade deles é explícita: já foi dito, em várias cenas e com todas as letras, que eles têm uma relação a 2; já apareceram os 2 entrando no banheiro pra tomar banho juntos; já apareceram os 2 dormindo na mesma cama...
Tudo muito bom, né? Só tem 1 problema que poucas pessoas observaram: os personagens ficaram muito parados na história. Nenhum dos 2 fez nada durante a novela que tivesse muita importância. É ou não é?
Mesmo assim, achei extremamente válida a presença desses personagens, representando os homossexuais que levam uma vida comum. Porque tanto o Marcelo quanto o Rubinho são pessoas extremamente comuns, né?
Mas eu tinha dito que esse post ia ser no início do mês exatamente porque eu fui adiando até agora pra ver se ia acontecer alguma coisa mais significativa, já que a novela tá nas últimas semanas. Só que como não aconteceu nada demais, e como hoje é aniversário do Fernando (ele tá virando um cinquentão hoje), resolvi soltar o post hoje.
E uma pergunta andou rondando algumas conversas... O Fernando é gay na vida real? Bom, a resposta é: NÃO SE SABE. Ele nunca fala sobre a vida pessoal dele em público. Mas, se isso ajuda, ele é solteiro e nunca teve filhos. Então, pensem o que quiserem.

Fernando Antônio Alvim Eiras was born in Rio de Janeiro, on February 21st, in 1957.
He graduated as an actor by Cidade University, which nowadays is called UniverCidade. Then he got Fernando Eiras as his stage name.
He became basically a theater actor.
Fernando’s 1st time on TV was in the soap
Sinal de Alerta (1978). And his 1st time on Cinema was in the movie O Mandarim (1995).
In 2002, he was in the movie
Dias de Nietzsche em Turim. And he has a naked scene in this movie (you guys can see it above).
We can see Fernando has an interesting body, doesn’t he?

Forse il primo grande personaggio di Fernando in un teleromanzo è stato quel suo di
Xica da Silva (1997).
Lui ha avuto fino adesso 23 lavori come attore alla TV ed al Cinema. E nel 2003 lui ha lavorato come copionista in
London Street, in Spagna.
Adesso, Fernando è uno degli attori del teleromanzo
Páginas da Vida. Ed il suo personaggio è un dermatologista omosessuale che vive insieme al personaggio di Thiago Picchi.
Fernando conosce i genitori di Thiago molti anni fa. Così, lui lo conosce da bambino. E delle loro scene sono diventate più facili per loro dovuto a questo.

Los personajes de Fernando Eiras y Thiago Picchi en la telenovela
Páginas da Vida son 2 homosexuales que viven juntos. Y su relación es explícita: son vistos yendo a ducharse juntos, durmiendo en la misma cama y ellos mismos dicen de modo claro que están juntos.
Ellos pueden ser vistos como excepciones, porqué en la mayor parte de las telenovelas brasileñas la homosexualidad de los personajes es solo insinuada.
Esos personajes son excepciones también porqué son 2 hombres comunes que tienen una vida común.
Hoy son los cumpleaños de Fernando (50 años). Y algunas personas quieren saber se él es gay también en su vida real... Bueno, él no habla de su vida personal en público jamás. Pero no es casado ní tiene hijos. Así, ¿que uds piensan?


Até a próxima!

2/18/2007

UM (EX-) SÍMBOLO SEXUAL

Olá!!!

Gente, eu tinha esquecido de comentar no outro post: pra quem ainda não viu, dá uma passada lá no Quarto do Príncipe pra ver o post sobre tipos de gays que o Kaíke fez.rsrsrs Vocês vão morrer de rir!
Bom, hoje a gente vai dar uma olhada num símbolo sexual austríaco bem conhecido no Mundo inteiro. Acho que todo mundo que sente uma mínima atração pelo corpo masculino já ‘homenageou’ ele alguma vez.rsrsrs Bom, pelo menos na época em que ele tava com tudo em cima. Tô falando do ex-fisiculturista, ator, dublador e agora político Arnold Schwarzenegger.

Como eu já sei que vocês vão perguntar isso, essa foto aí em cima é de um filme que ele fez logo no início da carreira dele, mas eu não sei o nome do filme. Aliás, se alguém souber, eu também gostaria de saber.
Bom, Arnold Alois Schwarzenegger nasceu em Steiermark, em 30 de Julho de 1947.
Ele começou a carreira como fisiculturista. E em 1968, com 21 anos, ele conseguiu o título de Mister Universo pela 1ª vez. E ia conseguir mais 2 vezes no futuro.
Mas, ao contrário do que muita gente pensa, o Arnold não é um homem enorme, enorme, enorme, não. Ele é alto (1, 88m), mas sem ser gigante. A musculatura dele, naquela época, é que sempre foi anormalmente desenvolvida. Alguns biólogos dizem mesmo que o corpo que ele tinha não pode ser usado como exemplo nem como padrão pra nenhum fisiculturista, porque a diferença de estrutura física entre o corpo do Arnold e o corpo de um homem comum é MAIOR do que a diferença de estrutura física entre o corpo de um cavalo puro sangue e o corpo de um pangaré. E organismo dele é quase o organismo de um mutante. É uma super exceção!
Ainda em 1968, o Arnold se mudou pros Estados Unidos, apesar de nem saber falar Inglês direito.
Várias fontes alegam que ele levou uma vida sexual extremamente promíscua nessa época. Era uma suruba atrás da outra! E, ao que parece, não era só com mulheres...
Lembram do Paul Barresi? Aquele ator pornô que botou a boca no trombone sobre todos os homens famosos com quem ele já transou (o John Travolta, o Tom Cruise e outros). Bom, o Arnold também tá na lista dele! Uh! Quantos cacetes famosos será que o Paul já provou?rsrsrs
Bom, o Arnold começou a carreira de ator em 1970. E o 1º filme dele foi Hércules em New York, quando ele assumiu o nome artístico de Arnold Strong. Mas em todos os outros trabalhos ele foi creditado como Arnold Schwarzenegger.
Ao todo, na televisão e no cinema, ele teria 39 trabalhos como ator, 4 como dublador, 2 como diretor e 2 como produtor.
Em 1983, o Arnold conseguiu a cidadania estadunidense. Mas ele manteve também a cidadania austríaca.
Em Abril de 1986, ele se casou com a Maria Sriver. E ele teria 4 filhos com ela: a Katherine (em 1989), a Cristina (em 1991), o Patrick (em 1993) e o Christopher (em 1997).
Em 2003, o Arnold se candidatou a Governador da Califórnia. Só que, poucos dias antes da eleição, foram relembrados alguns momentos... impróprios pra menores do passado dele. Mas, como o Arnold se diz um republicano moderado, parece que isso não atrapalhou a imagem dele em muita coisa, não. E ele foi eleito governador pela 1ª vez.
Sobre os direitos dos homossexuais e bissexuais, o Arnold fica em cima do muro: ele é contra a união civil entre pessoas do mesmo sexo, mas procura defender vários outros direitos civis dos gays. Ou seja, ele não fica completamente de um lado nem do outro, né?
No ano passado, ele foi reeleito. Mas, como os republicanos têm sofrido uma queda no poder, a tendência é que ele não faça nada de muito conservador até o final desse 2º mandato, né? E se indispor com os democratas não vai ser muito inteligente.
Esse ano, ele vai fazer 60 anos. Mas, cá entre nós, ele parece ser uns 15 anos mais velho, né?


Os apelidos que ele ganhou até hoje foram os mais variados: Arnie, Austrian Oak, Conan The Republican, Styrian Oak, The Governator... Mas me deixem fazer um perguntinha inocente: que outro nome vocês dariam a ele?rs

Arnold Alois Schwarzenegger nació en Austria, en 30 de Julio de 1947.
El comenzó a trabajar como culturista y, en 1968, se fue a vivir en los Estados Unidos.
Hay quien diga que, en esa época, él tuvo una vida sexual muy promiscua. Y el actor porno Paul Barresi dice que Arnold fue uno de los hombres famosos que tuvieron contactos sexuales con él.
Arnold comenzó su carrera de actor en 1970. Y tendría en total 39 trabajos como actor, 4 como actor vocal, 2 como director y 2 como productor.
El fue elegido Gobernador de California por la primera vez en 2003, después que algunos momentos eróticos de su pasado habían sido recordados, pero sin cambiar nada.
Arnold fue reelecto en 2006.

Arnold Alois Schwarzenegger was born in Austria, on July 30th, in 1947.
He started working as a bodybuilding. And he moved to the States in 1968.
Some people say Arnold had a very horny life at that time. And porn actor Paul Barresi says Arnold was one of the famous men who had sex with him.
Arnold started his acting career in 1970. And he would be an actor for 39 times and a voice actor for 4 times. And also a director for twice and a productor for twice.
He was elected Governor of California the 1st time in 2003. But before that some erotic moments of his past were reminded. Anyway, nobody worried about it.
Arnold was elected again in 2006.

Arnold Alois Schwarzenegger è nato in Austria, nel 30 di Luglio del 1947.
Lui ha cominciato a lavorare come culturista e, nel 1968, lui è andato a vivere negli Stati Uniti.
C’è chi dice che Arnold aveva una vita sessuale molto promiscua in quell’epoca. E l’attore porno Paul Barresi dice che Arnold è uno degli uomini famosi che hanno avuto delle relazioni sessuali con lui.
Arnold ha cominciato la sua carriera d’attore nel 1970. E lui avrebbe tutto sommato 39 lavori come attore, 4 come attore vocale, 2 come direttore e 2 come produttore.
Lui è stato eletto Governatore della California per la prima volta nel 2003, dopo delle ricordazioni di alcuni momenti erotici del suo passato. Ma nessuno veramente ci ha fatto attenzione.
Arnold è stato eletto di nuovo nel 2006.


Até a próxima!

2/17/2007

TÃO GRANDE QUANTO A ROCHA DE GIBRALTAR E O RIO HUDSON

Olá!!!

Bom, como a gente tá no período de Carnaval, acho que até o final desse mês e início do mês que vem eu vou tá um pouquinho mais livre. Aí, acho que vai dar pra postar quase todo dia.
Muito bem. Hoje vamos dar uma olhada no ator estadunidense Rock Hudson.

Leroy Harold Scherer Jr nasceu em Illinois, em 17 de Novembro de 1925.
O pai dele era um mecânico e a mãe era uma telefonista.
Como o pai abandonou eles, a mãe se casou de novo. E o padrasto do Leroy resolveu adotar ele oficialmente, dando o próprio sobrenome a ele, que passou a se chamar Leroy Harold Fitzgerald.
Ele estudou na New Trier High School. E durante a adolescência, ele trabalhou como entregador de jornais e auxiliar num campo de golfe.
Depois, o Leroy se alistou na Marinha dos Estados Unidos e, como tava na época da 2ª Guerra Mundial, ele foi mandado pras Filipinas.
Dispensado em 1946, o Leroy voltou pros Estados Unidos, indo morar em Los Angeles. E lá, ele foi fazer o Curso de Arte Dramática na University of Southern California. Só que as notas que ele tirava na faculdade não eram lá essas coisas. Aliás, eram bem baixas...
Enquanto isso, pra se sustentar, o Leroy teve que trabalhar como motorista de caminhão. Até que em 1948, ele conheceu o Henry Willson, que se tornou o empresário dele.
Pensando em dar um nome artístico chamativo ao Leroy, o Henry pensou numa combinação de 2 marcos da Natureza, a Rocha de Gibraltar e o Rio Hudson (Rock of Gibraltar e Hudson River). E aí formou o nome Rock Hudson.
Não foi aleatoriamente que o Henry pensou nisso: o Rock era um homem enorme (1, 98m) e precisava de um nome artístico forte.
Apesar disso, os amigos sempre chamaram ele de Roy.
Um dos maiores amigos dele nessa época foi o Marlon Brando, que, é claro, não demorou a levar o Rock pra cama. O Marlon era meio incansável, né? Quantos mil homens será que ele traçou?rsrs
Mas enfim: o 1º filme do Rock, graças ao Henry, foi ainda em 1948: Fighter Squadron. Na verdade, foi só uma ponta que ele fez aí. E nos primeiros filmes que ele fez ele teve também apenas personagens pequenos. O Rock não foi um ator que já começou no alto. Pelo contrário: ele começou como um atorzinho meio insignificante que foi crescendo até se tornar um dos maiores astros de Hollywood. Mas isso foi só em 1954, com o filme Sublime Obsessão, (o 27º filme dele!). Daí pra frente é que ele começou a brilhar tanto quanto os outros grandes.
Não muito tempo depois do 1º filme, o Rock mudaria de empresário, passando a ser auxiliado pela Phyllis Page. E em Novembro de 1955, ele se casou com ela. Mas o Rock nunca teria filhos com a Phyllis nem com ninguém mais.
Ele sempre procurou manter a vida pessoal dele bem afastada do conhecimento público. Por isso ninguém nunca soube com muita clareza se ele teve outro relacionamento hétero. Os relacionamentos gays do Rock não foram assumidos por ele, mas sim pelos amantes dele. Assim, não se sabe ao certo quando começaram nem quando terminaram.
É possível que o motivo do divórcio dele e da Phyllis, em Abril de 1958, tenha sido causado por um desses relacionamentos, né?
Mas se sabe que o Rock teve casos com o escritor Armistead Maupin e com o publicitário Tom Clark. E depois ele manteria uma relação mais séria com o ator Marc Christian. Mas, quando tava com o Marc, parece que o Rock dava suas escapadinhas de vez em quando ou, no mínimo, que eles 2 tinham uma relação aberta. Essa 2ª possibilidade é até mais provável, já que eles tavam nos anos 60, época de muito sexo livre (e nenhum sexo seguro!).
Bom, como aconteceu com mais da metade das pessoas que viveram em liberdade sexual total, ou quase total, nos anos 60 e 70, o Rock foi contaminado pelo HIV. Ele descobriu que tinha o vírus em Junho de 1984.
No início, o que foi noticiado é que ele tava com câncer no pulmão. Mas ele mesmo desmentiu isso numa entrevista, no ano seguinte, assumindo que tava com AIDS.
Isso provocou uma certa polêmica, já que nenhum dos atores hollywoodianos considerados ‘grandes’ tinham assumido isso até aí. Mas a intenção do Rock em declarar publicamente que tinha o HIV era exatamente quebrar esse tabu. Ele declarou numa entrevista:

“Eu não estou feliz por estar doente. Eu não estou feliz por ter AIDS. Mas se isso está ajudando outras pessoas, eu posso saber pelo menos que o meu azar teve um lado positivo”.

Ele morreu no dia 02 de Outubro de 1985, depois de ter participado de 74 trabalhos como ator de cinema e feito várias participações em programas de televisão.
O corpo foi cremado e as cinzas foram espalhadas no Mar.
O Marc, com quem o Rock continuou mantendo relações mesmo depois de descobrir que tava doente, não foi contaminado. E ele chegou mesmo a defender que o Rock foi contaminado numa transfusão de sangue, e não numa relação sexual.Em 1995, o Rock foi lembrado pela Revista Empire como um dos 100 atores mais sexies da História do Cinema. E ele era mesmo, né?


Leroy Harold Scherer Jr è nato ad Illinois, nel 17 di Novembro del 1925.
Suo padre ha lasciato sua madre e, così, lei ha sposato un altro uomo. E questo ha adottato il bambino e gli ha datto il suo cogome. Lui è diventato Leroy Harold Fitzgerald.
Leroy ha studiato nella New Trier High School. Ed ha lavorato come distributore di giornali e come ausiliare in un campo di golf quando era adolescente.
Quando c’è stata la Seconda Guerra Mondiale, lui era alla Marina degli Stati Uniti. E così, è andato nelle Filippine.
Nel 1946, Leroy è andato a vivere a Los Angeles, dove ha studiato nell’University of Southern California.
Lui ha lavortao come camionista, fino a trovare il suo futuro manager Henry Willson, nel 1948.
Henry ha dato a Leroy il nome artistico di Rock Hudson pensando alla Roccia di Gibraltar ed al Fiume Hudson (Rock of Gibraltar e Hudson River). E l’ha fatto perché Rock era un uomo molto grande e bisognava un nome artistico forte.
Ma i suoi amici lo chiamvano Roy. Specialmente Marlon Brando, che è diventato anche uno dei amanti di Rock.

La primera película de Rock como actor fue
Fighter Squadron, en 1948.
Pero en todas sus primeras películas, él tuvo solo personajes muy pequeños. Rock era visto como un actor insignificante en el comienzo de su carrera. Solo en 1954, con la película
Magnificent Obsession, comenzaron a verlo como uno de los grandes actores de Hollywood.
En Noviembre de 1955, Rock se casó con su empresaria Phyllis Page. Pero él nunca tendría hijos.
Rock cási nunca hablaba de su vida personal. Así, no se sabe se tuvo otras relaciones heterosexuales. Y las homosexuales no fueron dichas en público por él, pero si por sus amantes.
Es posible que el divorcio entre Rock y Phyllis, en Abril de 1958, haya sido devido a una de esas sus relaciones gays.

Rock had affairs with Armistead Maupin and Tom Clark. But it seems his relationship with Marc Christian was something more serious.
Anyway, it seems he used to have sexual contact with other men sometimes. And in June of 1984, Rock knew he was a HIV-person.
First, it was said he had a lung cancer. But after some time he himself would say he had AIDS. And he was the 1st great Hollywood actor to say that in public!
He would even say:
“I am not happy that I am sick. I am not happy that I have AIDS. But if that is helping others, I can at least know that my own misfortune has had some positive worth.”
Rock would die on October 2nd, in 1985.
He left 74 movies of his as an actor and many participations in TV shows.
His ashes were thrown along the Sea.
Marc and Rock continued having sex even after Rock had known he had AIDS. But Marc didn’t get sick. And he says Rock got sick during a blood transfusion.
In 1995, Rock was in the
Empire Magazine list of the 100 Sexiest Stars in Film History.

É isso aí, gente.
Bom fim de semana e ótimo Carnaval!

2/16/2007

FELIZ ANIVERSÁRIO, RAFAEL!


Bom, hoje o meu amigo Rafael Magnago tá estreando idade nova!
Então, vai aqui o meu grande abraço pra ele.
Tudo de bom, Rafael!

2/15/2007

ELE JÁ CAIU VÁRIAS VEZES, MAS SEMPRE LEVANTOU!

Olá!!!

Gente, olha só: me mandaram o link do site Acapa por e-mail e pediram que eu divulgasse. O Gogo Boy Adriano Moraes demonstra como botar uma camisinha e como se livrar dela depois do uso. Então, tá aí:


http://www.metanasuacabeca.disponivel.com/video.html

Bom, hoje vamos dar uma olhada no ator, diretor, produtor e dublador brasileiro Dênis Carvalho.

Dennis de Carvalho nasceu em São Paulo, em 27 de Setembro de 1947.
Com 11 anos, ele teve o 1º trabalho como ator, na novela Oliver Twist, apresentada pela extinta TV Paulista. E aí assumiu o nome artístico simplificado de Dênis Carvalho.
No início dos anos 60, tavam na moda os teleteatros, peças de teatro que eram exibidas na televisão. E o Dênis, tendo entrado pra extinta TV Tupi com 17 anos, participou de vários teleteatros.A fama de símbolo sexual também não demorou. Essa foto é de quando ele tinha 21 aninhos.


Ele ficou na Tupi até os 28 anos, quando foi pra Globo participar da 1ª versão de Pecado Capital. E de lá pra cá, ele nunca mais teve em outra emissora.
Em 1977, ele estreou como diretor, na novela Sem Lenço, Sem Documento. E no ano seguinte já começou como diretor geral, na novela Dancin’ Days.
A estréia no cinema foi em 1970, com o filme Elas.
Mas foi em 1984 que ele teve, talvez, o filme mais polemico da carreira dele: Espelho de Carne. Polêmico porque ele aparece 100% pelado em várias cenas. Tem até uma cena de sexo anal entre o personagem do Dênis (que na época tava com 37 anos) e o personagem do Daniel Filho (que tava com 47). Eles tavam jogando cartas e combinaram que, quem perdesse o jogo, ia dar a bunda pro outro. O personagem do Dênis perde e o personagem do Daniel come ele! Mas a cena é muito rápida e não dá pra ver nada com detalhes. Não se assanhem!rsrs
Oficialmente, ele só se casou com as atrizes Cristiane Torloni e Deborah Evelyn. Mas também já viveu com a atriz Ângela Figueiredo, a atriz Bete Mendes, a psicóloga Maria Tereza Schmidt, a atriz Monique Alves e a atriz Tássia Camargo. Ou seja, se a gente contar a totalidade, foram 7 casamentos que ele teve!
Casado com a Deborah desde 1989, agora ele sossegou.rs
Mas desses casamentos nasceram 4 filhos: os gêmeos Guilherme e Leonardo (o futuro ator Leonardo Carvalho), que ele teve com a Christiane, em 1979; a Tainá, que ele teve com a Monique, em 1985; e a Luiza, que ele teve com a Deborah, em 1994.
No final de 1991, o Dênis perdeu a mãe. E 1 mês depois disso, veio a situação mais braba de todas da vida dele: a morte do Guilherme, com apenas 12 anos. A Christiane tava manobrando o carro na garagem da casa dela quando perdeu a direção e caiu num barranco que tinha atrás da garagem, de uma altura de 4 metros. Um acidente que nem chegou a ser muito terrivelmente trágico. Mas o Guilherme, que tava com ela, sofreu um traumatismo craniano e não resistiu.
O Dênis, que na época tava dirigindo O Dono do Mundo, virou um workaholic: pra não pensar na mãe e no filho mortos, ele passou a viver 24 horas seguidas pra novela. E ele confessa que foi esse trabalho que permitiu que ele mantivesse a cabeça o lugar na época.
Quando a novela acabou é que veio a parte braba: ele se viciou em cocaína, virando um consumidor compulsivo em pouco tempo.
Em 1994, o Dênis teve outra perda: a amiga Monique, com quem ele tinha tido a Tainá, morreu de leucemia, com 32 anos.
Apesar da filha ter ido morar com ele, a morte da Monique nas condições em que foi fez o Dênis se descontrolar mais ainda com as drogas. E aí o organismo dele começou a entrar em colapso, ele não conseguia mais dormir nem comer direito e o coração começou a apresentar arritmias freqüentes. Até que, em 1995, a Deborah deu uma decisiva nele: ou ele ia se tratar ou ela se divorciava dele.
O Dênis se internou numa clínica e ficou 40 dias lá. E quando saiu, ele freqüentou os Narcóticos Anônimos por 18 meses. Depois disso, ele nunca mais tocou em droga nenhum, exceto cigarros (dos comuns).
Até hoje, quando não tá trabalhando, o Dênis vai às reuniões 1 vez por semana.
Em 2002, ele descobriu um câncer se desenvolvendo no pulmão, devido ao cigarro. Mas, como tava ainda muito pequeno, conseguiu tirar sem grandes problemas e nem precisou fazer quimioterapia.
Mas na hora da operação, antes de tomar a anestesia, o Dênis conta que ele teve um piripaque: entrou em pânico, xingou os médicos de tudo quanto é palavrão, mandou os médicos tomarem em tudo quanto é lugar... E isso aos berros!
Hoje ele lembra disso até com um pouco de vergonha, mas também achando uma certa graça.
Em 2004, quando tava dirigindo Celebridade, o Gilberto Braga (autor da novela) disse a ele que o personagem do Marcos Palmeira ia perder um filho (interpretado pelo Bruno Ferrari) num acidente. Mas disse ao Dênis que, se isso ficasse forte pra ele, podia mudar a história. Mas o Dênis não só aceitou como fez questão de dirigir a cena pessoalmente. Foi uma das cenas que mais mexeram com ele, muito difícil de fazer, mas ele sente que valeu a pena. Ele precisava fazer isso inclusive pra se livrar da dificuldade de falar sobre o assunto.
Hoje, faltando 7 meses pra virar um sessentão, ele se vê como uma pessoa bem melhor do que já foi.
Como ator, fica até meio difícil contar quantos trabalhos o Dênis já teve até hoje. Mas como diretor foram 30, como produtor foram 5 e como dublador foram 5 também.

Dennis de Carvalho was born in São Paulo, on September 27th, in 1947.
At 11, he was in his 1st job as an actor, the soap
Oliver Twist. Then, he got Dênis Carvalho as his stage name.
At 17, he went to Tupi TV Station. And he would be there for the next 11 years.
At this time, Dênis became a sex symbol.
At 28, he went to Globo TV Station. And he’s worked there since then.
Dênis’ 1st time as a director was in
Dancin’ Days (1978), after has been a co-director 1 year before.
His 1st movie was
Elas, in 1970. But in 1984, he would be in a very erotic movie. It’s the softcore Espelho de Carne. He can be seen naked along many scenes of this movie. And his character has an anal sex scene with Daniel Filho’s character. But it’s a very simple scene.

Se contiamo i suoi matrimoni officiali ed anche i non-officiali, Dênis si è sposato per 7 volte.
Dopo i suoi matrimoni con Christiane Torloni, Monique Alves, Deborah Evelyn, Ângela Figueiredo, Bete Mendes, Maria Tereza Schmidt e Tássia Camargo, lui ha avuto 2 figli con Christiane (Guilherme e Leonardo), 1 figlia con Monique (Tainá) ed 1 figlia con Deborah (Luiza). Ma lui resta insieme a Deborah da 1989.
Nel 1991, 1 mese dopo la morte di sua madre, Dênis ha perduto Guilherme in un incidente.
In questa epoca, Dênis era il direttore del teleromanzo
O Dono do Mundo. Ed è diventato un workaholic per non pensare alla madre ed al figlio.
Quando il teleromanzo è finito, lui è diventato un drogato, usando cocaina ogni volta di più.
Nel 1994, la morte de Monique l’ha fatto più pazzo. E tutto è diventato più difficile fino a quando Deborah l’ha detto di tratarsi, o lei divorzierebbe da lui.
Dênis è stato per 40 giorni in un posto speciale per persone drogate. Ed è stato insieme ai Narcóticos Anônimos per 18 mesi.
Così, lui ha lasciato le droghe per sempre.

En 2002, Dênis tuvo un cáncer en un pulmón devido a él fumar mucho. Pero fue posible retirarlo cuando todavía era pequeno y todo estuvo bién.
Antes de la cirugía, él tuvo un ataque de furia, insultó los médicos... Pero hoy Dênis se recuerda de eso como algo hasta mismo divertido.
Cuando era el director de la telenovela
Celebridade, él tuvo que dirigir una escena en que un jóven (el personaje del actor Bruno Ferrari) se moría en un accidente. Eso le fue muy difícil porqué le recordó la muerte de su hijo, en un accidente real, en 1991.
Pero Dênis dijo que necesitaba hacerlo, hasta para saber como hablar de esa situación sin problemas.
El tendrá 60 años en 7 meses. Y dice que se ve hoy como álguien mejor de que ya lo fue.
Sin contar sus muchos y muchos trabajos como actor, Dênis ya trabajó como director por 30 veces, como productor por 5 y como actor vocal por 5.

NAKED NEWS

Bom, como eu tinha dito no início do mês, o link do Naked News tá aí embaixo, junto com os links pros outros sites. Mas só lembrando a quem quiser ver o Lucas Tyler e seus colegas ficando peladões, o site é pago.
Mas tudo bem. Pra quem não tiver a fim de gastar no momento, vou deixar aqui 2 fotos do Lucas pra vocês... ‘admirarem’. Uma antes e outra depois dele dar a notícia.

Ahora ese blog tiene un link del sitio de Naked News.

Now this blog has a link to Naked News site.

Adesso questo blog ha un link del sito di Naked News.

Divirtam-se! E até a próxima!

2/13/2007

DANÇANDO SALSA...

Olá!!!

Hoje vou começar dando um recado pra vocês: terminaram as minhas férias. Então, muito provavelmente, não vou poder atualizar com a mesma freqüência que foi até agora. Mas vou fazer o possível pra manter mais ou menos o mesmo ritmo. E, no mínimo, 2 atualizações por semana, claro que dá pra fazer.
Bom, hoje vamos dar uma olhada no ator, dublador e dançarino estadunidense Walter Emanuel Jones.

Ele nasceu em Michigan, em 30 de Novembro de 1970.
O Walter se formou na Chula Vista High School.
A estréia dele como ator foi no filme Homens Brancos Não Sabem Enterrar, de 1992, quando ele assumiu o nome artístico de Walter Jones. Mas depois mudaria pra Walter Emauel Jones e, depois, pra Walter Emanuel Jones.
Teve quem achasse que ele ia encontrar uma certa dificuldade na carreira de ator, já que ele tem uma pequena deficiência física no dedo médio da mão esquerda. Mas isso nunca atrapalhou ele em nada.
O Walter entrou pra 1ª temporada de Power Rangers, em 1993, quando interpretou o 1º Ranger Preto.
Na época, tiveram algumas pessoas que estranharam o fato do Ranger Preto ser interpretado por um ator afro, assim como a Ranger Amarela era interpretada por uma atriz oriental (a falecida Thuy Trang).
O Walter continuou no seriado até o meio da 2ª temporada, em 1994, quando ele pediu pra sair.
O motivo que levou à demissão dele nunca ficou muito claro. Teve gente dizendo que ele quis procurar trabalhos de mais destaque pra fazer, outros disseram que ele achou que o salário tava muito baixo... Bom, o personagem dele saiu da história e nunca mais apareceu. Mas o Walter faria mais alguns trabalhos no seriado, alguns anos mais tarde, como dublador, dando voz a alguns vilões.Ainda durante a 1ª e 2ª fases do seriado, ele ficou muito amigo do Austin St John (aquele que parece que virou ator pornô). E os 2 tão quase sempre juntos até hoje.


Saindo de Power Rangers, o Walter começou a se dedicar à carreira de dançarino de salsa. Mas, como ator, ele também fez várias participações em vários seriados pra televisão. As mais conhecidas aqui no Brasil talvez tenham sido em Sabrina, Aprendiz de Feiticeira (em 1997) e Buffy, A Caça-Vampiros (em 1999).
A carreira de dançarino, como eu já disse, nunca ficou de lado pro Walter. O próprio site oficial dele (
http://www.walteremanueljones.com/) é bem voltado pra esse lado. E em 2004, ele tirou o 1º lugar no Mayan International Salsa Championship.
O Walter não é baixinho, mas também não chega a ser um homem enorme: tem 1, 73m.
O último trabalho dele como ator até agora foi o filme de terror O Despertar dos Zumbis, de 2005. E nesses 2 últimos anos, ele deixou a carreira de ator em 2º plano, tendo se dedicado mais à carreira de dançarino e dado aulas de dança.
O Walter teve até agora 30 trabalhos como ator na televisão e cinema e 4 como dublador.

Walter Emanuel Jones è nato in Michigan, nel 30 di Novembre del 1970.
Lui ha studiato alla Chula Vista High School.
Il suo primo lavoro come attore è stato nel 1992, nel film
Chi Non Salta Bianco È, quando lui ha avuto il nome artistico di Walter Jones (dopo lo cambierebbe a Walter Emauel, ed alla fine a Walter Emanuel Jones).
C’era chi diceva che lui avrebbe dei problemi essendo un attore, perché c’è un piccolo problema nel terzo dito della sua mano sinistra. Ma questo non è veramente stato mai un problema.
Walter è stato nel primo abbonamento di
Power Rangers, nel 1993. Lui è stato il primo Ranger Nero.
C’era chi vedeva come qualcosa strana un attore afro come il Ranger Nero ed un’attrice asiatica (Thuy Trang) come la Ranger Gialla.

Walter estuvo en
Power Rangers hasta la mitad de la segunda temporada, dejándola en 1994.
No se sabe muy bien porqué él se fue de
Power Rangers. Y su personaje no fue más visto después de eso. Pero Walter regresó al serial como actor vocal, dando su voz a algunos bandidos de la historia.
Todavía en las 2 primeras temporadas de
Power Rangers, Walter comenzó una grande amistad con Austin St John. Y son muy amigos hasta hoy.

When Walter's left
Power Rangers, he continued his acting career. But his salsa dancing career got stronger.
In 2004, he placed 1st in the Mayan International Salsa Championship.
Walter isn’t a short or a tall guy. He’s 1, 73 m tall.
His last time as an actor to now was in 2005
(House of The Dead II: Dead Aim). And from that time, he’s worked much more as a dancer and as a dance teacher.
Walter’s been a Cinema and TV actor for 30 times and a voice actor for 4 times to now.


Bom, é isso. Até a próxima!

2/10/2007

O 7º REI CAPET

Olá!!!

Hoje vamos ter um post histórico. Vamos olhar pra França, na época em que ela era governada pela Família Real Capet, de 987 até 1328. Sim! Nada menos que 15 reis dessa família ocuparam o trono do país ao longo de 341 anos! E hoje a gente vai dar uma olhada no 7º desses reis, o Philippe II Capet.

O Príncipe Philippe Auguste Capet nasceu em Val-d’Oise, em 21 de Agosto de 1165.
Os pais dele eram o Rei Louis VII Capet e a Rainha-consorte Adèle, que chamavam ele de Dieudonné.
O Louis, que sofria de problemas de saúde não muito bem identificados, não teve forças pra continuar governando por muito mais tempo. Assim, ele abdicou em 1179 (e morreria 1 ano depois), fazendo do filho, ainda com 14 anos, o novo rei, com o título de “Sua Majestade Católica, o Rei Philippe II, da França”.
Em Abril do ano seguinte, o Philippe se casou com a Condessa Isabelle, que recebeu o título de Rainha-consorte da França.
Aparentemente, ela ficou grávida algumas vezes, mas sempre perdia. Até que, em Setembro de 1187, nasceu o Príncipe Louis Capet, o único filho do Philippe com a Isabelle que chegou a nascer.
Por essa época, na Família Real da Inglaterra, tavam acontecendo várias rivalidades entre os herdeiros do trono. É que a Inglaterra tinha vários territórios no continente. E o Rei Herny II tinha dado a quase todos os filhos algum desses territórios pra governar. Mas a intenção de todos os príncipes era pegar o trono mesmo, e não territórios menores.
E em 1188, na França, o Príncipe Richard se aliou ao Philippe pra derrubar o pai, na Inglaterra. E como esse já tava muito doente, o Philippe viu que faltava pouco pra queda dele. E manter uma política de boa vizinhança com o novo rei inglês seria uma boa.Pouco tempo depois que eles se conheceram, o Richard já tava dormindo na cama do Philippe. E ele concedeu ao amante inglês tropas pra atacar o Henry. O rei inglês fugiu. Mas, nas últimas como ele tava, morreu logo depois, em 1189. E com isso, o Richard passava a ser o novo Rei da Inglaterra.


Logo depois disso, o papa começou a convocar todos os governantes católicos (o que incluía o Philippe e o Richard) pra participarem de uma nova cruzada contra a Palestina. Era a 3ª Cruzada patrocinada pela Igreja Católica.
É claro que os católicos não contestavam as ordens do papa, já que eles consideravam o papa com a mesma dignidade de Jesus (e ainda consideram até hoje).
Então, o Philippe deixou a França com o exército dele em Julho de 1190, pouco depois de ficar viúvo (a Isabelle tinha morrido de parto, junto com o bebê, no início do ano).
Como todas as outras cruzadas, enquanto essa partia da Europa pra Palestina, os católicos iam destruindo tudo de não-católico que encontravam pelo caminho. Inclusive as outras instituições cristãs que não eram católicas e os membros delas.
Quando passavam por uma aldeia, os católicos matavam os homens, estupravam as mulheres e crianças, roubavam todos os mantimentos e incendiavam o que deixavam pra trás. Que pessoas santas, né?rs
Mas é claro que muita da pobreza que ainda existe até hoje no Oriente Próximo se deve à destruição que a Igreja Católica causou ali com as Cruzadas.Aliás, a gente sabe que o discurso da Igreja Católica mudou um pouco daquela época pra cá. Mas, na prática, será que a ética católica também mudou? Sinceramente, eu tenho grandes dúvidas.


Bom, enquanto tavam no acampamento, o Philippe recebeu cartas do Príncipe John (irmão mais novo do Richard), fazendo intrigas que acabaram por jogar o Philippe contra o Richard e dar ordens às tropas francesas pra invadir as terras inglesas. Claro que o que o John queria era simplesmente derrubar o irmão do trono e se tornar o novo Rei da Inglaterra, tendo o Philippe como aliado.
Em Julho de 1191, o Rei da França começou a viagem de volta pra pátria.
Desde a época em que ainda tava no acampamento, e apesar de ter ficado só 1 ano lá, ele começou a manifestar problemas de saúde, que foram se agravando aos poucos a partir daí. O Philippe que voltou pra corte francesa tinha uma aparência mais velha e uma saúde mais debilitada.
Apesar disso, ele governou a França como um grande administrador. Foi um dos maiores reis que o país teve.
Em Agosto de 1193, pensando em arranjar aliados na Dinamarca, o Philippe se casou com a princesa dinamarquesa Ingeborg. Mas ela, apesar de ter só 18 anos, demonstrava ser mais inteligente do que os ministros do marido. E talvez mais inteligente do que o próprio marido.
Aparentemente saíram muitas brigas entre eles e o Philippe acabou negando à Ingeborg o direito de ser coroada como a nova rainha-consorte. E como parece que as brigas continuaram (provavelmente instigadas pelos ministros), ele acabou mandando ela prum convento. E em Maio de 1196, pensando em arranjar aliados na Europa Central, o Philippe se casou com uma fidalga alemã chamada Agnieszka Maria. E 2 anos depois, nasceu uma filha, a Marie.
Em 1199, o Philippe teve a notícia de que o ex-amante Richard tinha morrido numa pequena batalha, lutando contra um súdito rebelde. E como ele morreu sem filhos, o John passava a ser o novo Rei da Inglaterra, o que até deu ao Philippe uma distante esperança de ser Rei da Inglaterra um dia, já que mantinha boas relações com o John. Mas nunca teve nem um mínimo boato de transas entre eles, como tinha acontecido com o Richard.
Bom, em 1200, o Philippe teve outro filho com a Agnieszka Maria, que também se chamou Philippe. Só que como ele não tinha conseguido a anulação do casamento com a Ingeborg. E nesse mesmo ano, o papa excomungou ele por bigamia e declarou esse último casamento dele inválido.
Em 1202, quando o papa convocou a 4ª cruzada, o Philippe nem se moveu: ele não tinha mais saúde nem pra montar a cavalo, imaginem pra ir pruma guerra...
Mas isso piorou mais ainda a situação dele com o papa, né? E como ele não queria ter problemas políticos com o papa e nem com o Rei da Dinamarca (irmão da Ingeborg), o Philippe acabou trazendo ela de volta pro palácio em 1213 e deixando ela ser coroada Rainha-consorte da França.
A partir dessa época, ele teve que passar a viver constantemente acompanhado por médicos.
Em 1223, quando tava em Pacy, o Philippe decidiu ir a Paris pra assistir a uma reunião eclesiástica sobre as futuras cruzadas. Mas ele não resistiu ao esgotamento da viagem e morreu em 14 de Julho, faltando 1 mês pra fazer 58 anos.
E o Príncipe Louis, filho do 1º casamento dele, assumiu o poder, sendo coroado com o título de “Sua Majestade Católica, o Rei Louis VIII, da França” e dando continuidade à obra do pai.

Prince Philip Augustus Capet was born on August 21st, in 1165.
His parents were King Louis VII and Queen-consort Adèle.
Louis was getting very sick at this time. And he wouldn’t be able to rule France for much more. So, in 1179, he abdicated. And the 14-y-old Philip became the new king, as Philip II of France.
The next year, he married Countess Isabelle, who became the new queen-consort. And she would give him only 1 son, Prince Louis, in 1187.
At this time, many conspiracies were happening in the English Royal Family, because the princes wanted to depose King Henry II and get his throne.
In 1188, the English Prince Richard formed an alliance with Philip against his father. The French king knew the English king was almost dying. So it would be intelligent having the new English king on his side.
Philip and Richard became lovers. And the king gave him a army to fight Henry. This one died in 1189. And Richard became the new King of England.

Nel 1189, il papa ha deciso d’avere la terza crociata, nella quale voleva tutti i re cattolici.
Nessuno ha detto niente contro, perché i cattolici vedevano il papa come qualcuno simile a Gesù (ed ancora lo vedono).
Così, Filippo II ha lasciato Francia dopo la morte della moglie, nel 1190, per andare alla crociata.
Quando c’era una crociata, i cattolici facevano la distruzione di tutto quello che trovassero che non fosse cattolico. Se trovavano un paese, facevano l’uccisione degli uomini tutti quanti, stupravano le donne ed i bambini tutti quanti, rubavano tutto quello che era possibile ed incendiavano tutto il resto.
La parte più grande della povertà che c’è oggigiorno nel Vicino Oriente è il risultato delle crociate cattoliche.
Intanto c’era la crociata, Filippo ha ricevuto delle lettere del principe inglese Giovanni parlando contro suo fratello, il Re Riccardo. Veramente, Giovanni voleva la fine del fratello per diventare il nuovo Re d’Inghilterra. E per questo, voleva Filippo insieme a lui.
Nel 1191, Filippo ha lasciato il Vicino Oriente per tornare in Francia. Ma lui già non aveva più la stessa salute di prima.
Comunque sia, lui è visto fino adesso come uno dei più grandi re di Francia.

En 1193, Felipe II se casó con, Isambur, una princesa de Dinamarca. Pero ella era muy despierta y tubo muchas discusinoes con él. Así, Felipe no la dejó ser coronada como reina consorte y la envió a un convento.
En 1196, él se casó con Inés, que le dió una hija (Maria) 2 años después y un hijo (Felipe) más 2 años después.
Pero él estaba todavía casado con Isambur. Y el papa lo excomulgó por bigamía en 1200.
En 1204, cuando hubo la quarta cruzada, Felipe ya no tenía salud para jutarse a eso. Y para no ser mal visto por el papa, dejó Isambur volver en 1213, haciendola Reina consorte de Francia.
Después de eso, la salud de Felipe se agravó cada vez más. Y en 14 de Julio de 1223, después de un viaje de Pacy para Paris, él se murió de agotamiento.
Su hijo más viejo Luis fue el nuevo Rey de Francia en su lugar, como Luis VIII.

MARCO MASTRONELLI EM AÇÃO!

Olhem só: algumas pessoas me perguntaram o nome dos filmes pornô que o Marco Mastronelli já fez. Bom, eu procurei e não encontrei o nome de nenhum, o meu amigo Carioca 20 também procurou e não encontrou nenhum... Mas eu já encontrei imagens pornô dele naquelas galerias pornô que tem aí pela rede.
Essas aí tavam no Gayforum:
















Ese es el actor porno Marco Mastronelli follando.

This is porn actor Marco Mastronelli having a fuck.

Questo è l’attor porno Marco Mastronelli fottendo.


Bom, se eu tiver informações sobre algum filme pornô que ele fez, claro que eu aviso aqui.
Até a próxima! E divirtam-se!rs

2/09/2007

IL RE DEI GAY

Olá!!!

Hoje vamos dar uma olhada hoje num cantor, compositor e músico italiano que tá fazendo 27 anos esse mês. E que é, talvez, o rei dos gays italianos atualmente. Com vocês, o gostosinho Tiziano Ferro.

Ele nasceu no Lazio, em 21 de Fevereiro de 1980.
Em 1991, o Tiziano ganhou um irmão, o Flavio. E tatuou o nome dele no pulso direito.
Em 1998, o Tiziano se inscreveu na Accademia della Canzone di Sanremo. Mas ele foi eliminado na 1ª fase da seleção.
Ele não desanimou e, logo depois, participou do Festival de Sanremo. E aí ele começou a chamar a atenção de alguns produtores.
No ano seguinte, o Tiziano conseguiu entrar pro coro do grupo Sottotono. E aí ele acabou deixando os 2 cursos universitários que tava fazendo: Ciências da Comunicação e Engenharia.
No ano 2000, o Tiziano começou a tocar guitarra clássica.
Finalmente, em 2001, ele conseguiu gravar o 1º CD: Rosso Relativo.
Apesar do sucesso que fez, ele foi considerado um cantor de adolescentes. E muitos críticos tinham certeza de que ele ia ficar só naquele CD e sumir naquele mesmo ano.
O Tiziano confessa que ficou meio magoado com essas primeiras críticas, porque algumas músicas do CD tinham um significado até profundo, não eram superficiais da forma como os críticos entendiam.
A revanche veio no ano seguinte, quando ele lançou a versão em Espanhol do CD (Rojo Relativo) e, pro espanto de alguns críticos, ele foi premiado pelo Festivalbar como Melhor Artista Estreante. E em Novembro de 2003, veio o 2º CD dele: 111.
Depois disso, até grandes nomes da Música Italiana, como o cantor e compositor Riccardo Cocciante, reconheceram o valor do Tiziano.
Em 2005, ele começou a tocar piano. E nesse mesmo ano, ele se mudou pra Londres. E tá lá até hoje.
No ano passado, o Tiziano começou a tocar bateria. E lançou o 3º CD: Nessuno È Solo.
Esse CD quase foi proibido no México porque, numa ‘brincadeira’ que o Tiziano tinha feito numa entrevista a uma rádio da Itália, em Maio, ele tinha dito que “as mexicanas são todas gordas e bigodudas”.
Numa outra entrevista, depois, ele pediu desculpas ao público mexicano e reconheceu que tinha falado uma besteira. E ainda depilou uma perna em público! Não entendi o que é que uma coisa tem a ver com a outra, mas parece que as mexicanas aceitaram as desculpas: a vendagem do CD foi um sucesso no México!
Além disso, o Tiziano também fez participações especiais nas novelas Rebelde e A Feia Mais Bela, as 2 no ano passado.
Ele fala Espanhol e Inglês com a mesma fluência que fala Italiano.
Sobre a vida pessoal do Tiziano, pouco se sabe com certeza, porque ele fala muito pouco sobre isso. Até porque ele é tímido (nem mesmo se deixa fotografar sem camisa!) e considerado introvertido por quem conhece ele pessoalmente.
Bom, se isso ajuda, ele parece levar a vida mais simples possível, quando ele não tá se apresentando anda sempre de calça jeans e camiseta de algodão...
O Tiziano nunca se casou nem teve filhos, mas ele diz que tem uma namorada a quem dedicou 2 músicas do CD novo. De acordo com os fofoqueiros de plantão, ela se chama Silvia.
O Tiziano diz que costuma receber muito assédio masculino (mais ou menos metade dos fãs dele são gays). Até agora, ele nunca experimentou transar com um homem, mas diz que não fala nada sobre o futuro.
No ano passado, numa entrevista à revista
Donna Moderna, ele declarou:
“A homossexualidade é uma coisa que pode fazer parte da vida de uma pessoa, é inútil negar”.
Então, vamos esperar pra ver se vai fazer parte da vida dele, né?


Tiziano Ferro è nato in Lazio, nel 21 di Febbraio del 1980.
Nel 1991, è nato suo fratello Flavio. Tiziano ha un tatuaggio del suo nome sul polso destro.
Nel 1998, lui si è scritto all’Accademia della Canzone di Sanremo. Ma ci è uscito nella prima settimana di selezioni.
Tiziano non si è disanimato ed ha partecipato alla sezione giovani del Festival di Sanremo. Ed è stato notato da dei produttori.
L’anno dopo, lui è stato insieme ai Sottotono come corista (allo stesso tempo, ha lasciato temporaneamente di pensare ad ingegneria e scienze delle comunicazioni, come lo faceva).
Nel 2000, Tiziano ha cominciato a suonare la chitarra acustica. E nel 2001, lui ha avuto il suo primo CD:
Rosso Relativo.
Tiziano ha conquistato molti fan. Ma ci sono stati dei critici musicali che lo dicevano un “cantante per ragazzine” che sarebbe sparito dopo quel CD.
Tiziano dice che è diventato triste con quelle critiche. Anche perché le canzoni del CD avevano qualche significato profondo che loro non l’hanno capito.

En 2002, Tiziano tuvo la versión en Español de su primer CD:
Rojo Relativo. Y él tuvo el premio de Mejor Artista Debutante en Festivalbar.
En Noviembre de 2003, Tiziano tuvo su segundo CD: 111. Y después de eso, hasta los grandes nombres de la Música Italiana lo tienen visto como un grande cantante.
Tiziano comenzó a tocar piano en 2005, el mismo año cuando fue vivir en Londres (y todavía vive allá).
En 2006, él comenzó a tocar batería y tuvo su más nuevo CD:
Nessuno È Solo.
Ese CD cási fue prohibido en México, porqué, en una entrevista, Tiziano hizo un chiste, diciendo que las mexicanas son gordas y tienen bigote.
Después, en otra entrevista, él dijo que había dicho una estupidez y pidió perdón.
Tiziano estuvo en las telenovelas
Rebelde y La Fea Más Bella (las 2 en 2006).

Tiziano speaks English and Spanish as well as Italian.
Very little is known about his private life. Even because he’s a shy men (he’s never been seen even shirtless in public) who rarely talks about himself.
Anyway, Tiziano has a very simple lifestyle. He’s usually in blue jeans and cotton T-shirt.
He’s always been a single and childless guy. But he has a girlfriend to whom he dedicated 2 songs of his new CD. Some people say her name’s Silvia.
Tiziano says many men always try to go to bed with him (even because almost a half of his fans are gay).
He says he’s never had sex with a male to now. But he doesn’t rule out some possible gay relationship in his future life.
Once, he said in a interview to
Donna Moderna Magazine:
“Homosexuality is something that can be part of somebody’s life. You can’t deny it”.
So, let’s see if it’ll be part of Tiziano’s life some day...

KAÍKE CARRIERI, O BUNDUDO

Só mais uma palavrinha sobre o Mateus e o Kaíke...
Eu vi que as opiniões de alguns de vocês se dividiram sobre qual é o mais gostoso, né?
Bom, vamos dizer que eles agradam de forma diferente: o Kaíke é menos musculoso do que o Mateus, tem o cacete menor... Mas, em compensação, que bundão que ele tem, hein!!!

This is Kaíke Carrieri’s butt. Beautiful, isn’t it?

Questo è il culo di Kaíke Carrieri. Bello, vero?

Ese es el culo de Kaíke Carrieri. Bello, ¿verdad?


Bom fim de semana e até a próxima!

2/06/2007

VAMOS COMEMORAR!!!

Olá!!!

Hoje é dia de comemoração: detonamos o Felipe Cobra! 93%!!! E o melhor é que todos nós colaboramos, né?
Pra celebrar, eu decidi fazer um post extra. Então, já que o Ludovico 96 tinha sugerido que eu botasse mais fotos do Fernando Colunga, vão umas aí.
Ah! E logo aí embaixo tá o post que já tava planejado pra hoje: vamos dar uma olhada no ator, garoto-propaganda, professor de Educação Física e agora ator pornô Mateus Carrieri, que esse mês tá virando um quarentão.
Divirtam-se!



UM PIONEIRO DA NUDEZ MASCULINA

Mateus Roberto Carrieri nasceu em São Paulo, em 19 de Fevereiro de 1967, numa família 100% italiana.
Ele começou a carreira como garoto-propaganda, ainda bebê.
Com 7 anos, ele teve a carteira profissional de ator assinada e o registro preparado pra participar da novela Um Dia, O Amor, ainda na extinta TV Tupi. E aí assumiu o nome artístico de Mateus Carrieri. Às vezes foi creditado como Matheus Carrieri. Mas é Mateus, sem H mesmo.
Logo depois, ele estreou no teatro com Pluft, O Fantasminha.
Apesar do lado profissional intenso nessa época, ele levava uma vida de criança normal, brincando pelos corredores da emissora.
Desde aquela época, o Mateus nunca teve muitas barreiras nem preconceitos com nada. O que os pais ensinaram a ele foi sempre tentar fazer o bem e nunca prejudicar ninguém de forma premeditada. O resto, é você sozinho quem tem que decidir se deve fazer ou não.
O Mateus sempre conviveu com gays e bis, desde criança. E também sempre teve amigos de todas as preferências sexuais e nunca teve preconceitos em relação a isso. Aliás, até hoje, ele defende que preconceito é uma coisa mais pessoal, e não de uma área profissional específica. E ele lembra que tem até atores pornô que têm vários preconceitos em relação a sexo.
Mas o Mateus afirma que nunca tocou sexualmente em homem nenhum.
Em 1983, depois de um namoro meio superficial com uma garota do mesmo colégio onde ele estudava, o Mateus teve a notícia que foi um dos maiores impactos da vida dele: com apenas 16 anos, ele soube que ia ser pai!
Bom, ele assumiu, se casou com a namorada, saiu da casa dos pais e foi morar com ela e, em Junho de 1984, nasceu o futuro professor de Educação Física Kaíke Carrieri.
Só que o casamento não durou nem 1 ano e, depois do divórcio, o Mateus e a ex viraram inimigos mortais. Até hoje, 23 anos depois, eles não se falam e evitam de se encontrar!
Só o Kaíke, durante a infância, é que manteve boas relações com ele, apesar de ter ficado morando com a mãe. Mas isso também ia mudar...
Em 1989, o Mateus se formou em Educação Física, o que acabou fazendo dele um símbolo sexual duplo: ator e professor de Educação Física tão sempre presentes nas fantasias sexuais de quase todo mundo, né? E ele é as 2 coisas!rs
Em 1993, ele voltou pro teatro (do qual tava afastado desde criança) com a peça Pigmaleoa. E daí pra frente, ele nunca mais deixou o teatro.
Ainda em 1993, o Mateus teve em outra peça: Hair, em que ficava completamente nu em uma cena. Foi a 1ª vez que ele ficou pelado em público, mas ele diz que não teve problema.
Nessa época, o Kaíke começou a se afastar do Mateus. Aos poucos, o Kaíke deixou de ir na casa dele, não aceitava mais que o Mateus fosse buscar ele na escola e, com 12 anos, acabou cortando contato quase definitivamente com o pai.
O motivo disso nunca foi muito bem esclarecido em público, mas o que o Mateus costuma explicar é que não teve 1 motivo único pra essa separação, e sim uma somatória de motivos. A verdade é que eles não querem dizer o que aconteceu em público, né?
Os fofoqueiros de plantão supõem que foi a mãe do Kaíke quem fez ele se afastar do pai. Mas ninguém tem certeza de nada, é claro.
No final de 1996, ele foi pra Argentina, trabalhar na co-produção brasilo-argentina Chiquititas, produzida pela Telefe e pelo SBT. Mas logo depois disso, a G Magazine convidou ele pra posar nu, na edição seguinte...
No início, o Mateus nem deu muita importância ao convite. Até porque a revista ainda não tinha nem 6 meses e não era muito conhecida. O que preocupou ele é que ele tava gravando um seriado infantil, né? E ele sabia que muitos pais não veriam com bons olhos os filhos assistindo um programa que tinha como ator um cara que tava pelado numa revista GLBT. Então, o Mateus, a G Magazine e a Telefe se reuniram e chegaram a um acordo: o Mateus faria as fotos no início de 1997, mas elas só seriam publicadas depois que ele terminasse a participação no seriado. Assim se fez: a edição nº 11, com as fotos dele, saiu em Agosto.
O Mateus confessa que ficou muito apreensivo quando fez o 1º ensaio fotográfico, porque ele não sabia o que poderia acontecer depois. Muita gente dizia que isso podia prejudicar ou denegrir a imagem pública dele, já que ainda era uma coisa meio desconhecida pra maior parte da sociedade.
Ao contrário do que se imaginava, a revista tava era suprindo uma carência do mercado brasileiro. E os resultados foram todos positivos (inclusive pra revista, que vendeu mais de 70.000 cópias naquele mês!).
O Mateus admite que amadureceu muito ouvindo tanto as críticas positivas quanto as negativas que fizeram a ele por esse ensaio.
Na entrevista que ele deu à G Magazine nessa mesma edição, perguntaram se ele faria um filme pornô. Ele respondeu que achava que não, mas que não sabia em relação ao futuro.
Em Maio do ano 2000, o Mateus descobriu um câncer na garganta. Mas como conseguiu tirar logo no início, nem precisou fazer quimioterapia.
Ele perdeu a voz completamente nas semanas seguintes, mas voltou a falar normalmente depois de um tratamento fonoaudiológico. E ele descobriu 2 grandes amigos nessa época: os atores Raul Gazolla e Cláudio Fontana, que ajudaram e apoiaram o Mateus o tempo todo.
O Kaíke também voltou a se aproximar dele um pouco nessa época, mas acabou se afastando de novo.
Desde que teve o 1º ensaio do Mateus, vários e vários leitores escreveram pra revista pedindo bis. E esse bis veio na edição de Setembro do ano 2000, quando a revista completava 4 anos. Mas o Mateus diz que esse ensaio foi bem mais tranqüilo que o 1º.
Nessa mesma época, ele tava apresentando o Comando GLS, na TV Gazeta. Mas isso foi por um período rápido.
Em 2001, o Mateus participou da 1ª edição do reality show Casa dos Artistas. E ele foi um dos que ficaram mais tempo: só foi eliminado na penúltima semana.
Aliás, 2 semanas antes de ser eliminado, o Mateus mandou uma mensagem ao vivo pro Kaíke, pedindo por uma reconciliação. E a produção do programa foi até a casa do Kaíke pra tentar gravar uma resposta, mas a mãe dele não deixou ele falar com ninguém.
O Mateus não desistiu e, no ano seguinte, mandou outra mensagem pra ele, no programa Falando Francamente, na véspera do Dia dos Pais. E depois dessa, o Kaíke resolveu finalmente se reconciliar com o pai e foi morar com ele.
Os 2 passaram a andar sempre juntos e o Kaíke até fez algumas figurações em peças em que o Mateus trabalhou.
Em Junho de 2004, os 2 posaram pelados juntos pra G Magazine. O Kaíke fez as fotos de nu frontal dele num dia e o Mateus fez as dele no dia seguinte. E os 2 juntos fizeram algumas fotos sem nu frontal no outro dia.
Até que o Kaíke tem algo a mostrar, né?

Mas se a gente comparar o corpo do Mateus com o do Kaíke, o pai tá bem melhor do que o filho, sem dúvida!

Em Janeiro do ano passado, o Mateus posou nu, pela 4ª vez, pra G Magazine, na edição nº 100 da revista. Dessa vez, ele fez 2 ensaios: 1 de nudez total e 1 só de fotos sem camisa, em que ele aparece lutando contra o Alexandre Frota.
No mês seguinte, poucos dias antes do Mateus fazer 39 anos, nasceu a Anna, filha dele com a atual e 4ª esposa Kelly.
E nesse ano, finalmente, ele decidiu aceitar o convite pra fazer, pela 1ª vez, um filme pornô. Se chama Clube Privê (muitos de vocês já devem ter visto, né?).
Muita gente pensou que o filme seria gay... Bom, tem uma cena bem rápida, meio no início, em que aparece uma suruba com tudo. Mas o Mateus mesmo só aparece transando com mulheres.
Ele admite que o motivo principal de aceitar entrar no mundo pornô foi o dinheiro, mas também o nível de pornografia que ele quer seguir, o pornô chique: cenas de sexo de verdade, mas sem partir pra vulgaridade escrachada.
Curiosamente, dos 6 homens que participaram da 1ª Casa dos Artistas, 3 viraram atores pornô poucos anos depois: o Mateus, o Alexandre Frota e o Marco Mastronelli.
O Mateus diz que os pontos fracos dele são os pés e o peito: se alguém começar a mexer ali, o cacete endurece no mesmo segundo! E ele diz que transa todo dia, a não ser quando tá muito, muito, muito cansado.
Quando tá viajando, longe da esposa, ele diz que se masturba bastante. Até porque, às vezes, a masturbação já impediu ele de fazer alguma besteira. Sexo fora do casamento, ele diz que só profissionalmente e com a esposa sabendo.
Então, vamos ver quais vão ser os próximos planos profissionais que ele tem em relação a sexo. E da pra ver que ele tá pronto.


Mateus Roberto Carrieri nació en San Pablo, en 19 de Febrero de 1967, en una familia italiana.
El apareció en comerciales cuando era bebé y comenzó su carrera de actor cuando tenía 7 años, con el apodo artístico de Mateus Carrieri.
Después, él se fue a trabajar en el teatro.
Mateus no tuvo nunca muchos prejuicios contra nada y siempre tuvo amigos de todas las preferencias sexuales. Pero dice que no tuvo nunca relaciones con hombres.
Sus padres le decían siempre que, si él hace lo posible para ser un hombre bueno y nunca un hombre malo con las otras personas, todo más le es permitido.
Con solamente 16 años, Mateus supo que su novia de la escuela estaba embarazada. Ellos se casaron, pero se separaron menos de 1 año después.
De ese casamiento, nació el futuro profesor de Educación Física Kaíke Carrieri, en 1984.
En 1989, Mateus tuvo su formación en Educación Física.
En 1993, él volió a trabajar en el teatro, con las piezas
Pigmaleoa y Hair.

In the end of his childhood, Kaíke (Mateus’ son) started getting farther and farther form his father. And at 12, he left Mateus almost completely.
Nobody knows clearly why it happened. And they don’t want to explain that in public. But some gossips say Kaíke’s mother didn’t want him to be near his father.
In 1996, Mateus went to Argentina to be as an actor in
Chiquititas, a Brazilian-Argentinian children’s TV series. But he was invited to pose naked to G Magazine at the same time.
So, he posed naked in the early 1997, but his pics were published only in August, after he had left
Chiquititas.
Mateus says he was very worried when he did it. Because he didn’t know what would happen later. In Brazil, men posing naked hadn’t been something common to that time. But that was the point: people wanted to see that! And the results were (and still are) very good.
At the magazine interview, Mateus was asked if he would accept to be in a porn movie. He answered he didn’t know anything about future. But at that time, he wouldn’t.
In 2000, he discovered a cacer in his throat. But it was removed with no big problems. He lost his voice, but it was back after some weeks.
Mateus says actors Raul Gazolla and Cláudio Fontana were his best friends at that time.
Also Kaíke came back to be with his father. But he left Mateus again after some time.

Dopo la prima volta che Mateus ha posato nella
G Magazine, molti lettori della rivista hanno chiesto una seconda volta con lui. E questo è sucesso nel Settembre del 2000, nell’anniversario di 3 anni della rivista.
Mateus ha detto che questa volta è stata più facile della prima.
In quest’anno, lui era lo showman del
Comando GLS, uno show per i gay e bisessuali che c’era alla TV.
Nel 2001, Mateus è stato in
Casa dos Artistas, un tipo di Gran Fratello con attori e cantanti brasiliani.
Allora, lui ha datto un messaggio in diretta a suo figlio Kaíke, da cui si aveva allontanato: Mateus voleva essere insieme a lui di nuovo.
I produttori dello show hanno cercato Kaíke per sapere la sua risposta. Ma sua madre non l’ha permesso di parlare con nessuno.
Nel 2002, nello show
Falando Francamente, Mateus ha datto un’altro messaggio a Kaíke. E questa volta lui è riuscito ad avere il figlio insieme a lui.
Kaíke ha lavorato in alcuni show teatrali insieme a Mateus.
Nel 2004, il padre ed il figlio hanno posato nudi insieme nella
G Magazine. Voi potete vederli sopra (Kaíke nella prima foto, i due nella seconda e Mateus nella terza).
Nel 2006, Mateus ha posato di nuovo nella
G Magazine. Questa volta ci sono state delle foto sue nudo ed altre senza camicia, insieme ad Alexandre Frota.
Dopo questo, Mateus ha avuto una figlia (Anna) con sua moglie (Kelly).
Nello stesso anno, lui è stato nel film porno
Clube Privê. Lui dice che è entrato nel mondo porno prima per i soldi e dopo per il tipo di pornografia che vuole avere: sesso reale, ma senza quelle cose schifose.
Veramente, 3 uomini che sono stati in
Casa dos Artistas sono diventati attori porno dopo questo: Mateus, Alexandre Frota e Marco Mastronelli.
Mateus dice che non fa il sesso tutti i giorni solo se è troppo stanco. E se è lontano della moglie, lui si masturba sempre: fà il sesso senza lei solo come attore porno e solo se lei lo sa.


Bom, até a próxima!