10/20/2007

MUITAS SUPOSIÇÕES, POUCAS CERTEZAS

Oi!!!

Bom, o link de utilidade pública desse mês vai ser antecipado pra hoje, porque é pra ser usado hoje mesmo. É o link do Teleton. Pra quem puder dar uma passada lá, tá aí:

https://teleton.locaweb.com.br/doacoes/
Bom, hoje a gente vai falar de um personagem histórico que, acredito eu, não é 100% desconhecido por ninguém: o ator, autor teatral e poeta inglês William Shakespeare.

Ele nasceu em Abril de 1564 (não se sabe o dia), em Warwickshire. Mais especificamente na cidade de Stratford-upon-Avon, que hoje é conhecida como a cidade dele. E ele tinha 2 irmãs mais velhas (que aparentemente morreram logo depois de nascer) e 3 irmãos e 2 irmãs mais novos (todos mortos antes dele).
O William passou toda a infância e adolescência, e mesmo o início da vida adulta, em Stratford.
Bom, pra que se entenda o que vem depois, é preciso dar uma pincelada na História da Inglaterra daquele período: quem tava no trono naquela época era a Rainha Elizabeth I Tudor, que, fazia alguns anos, vinha batendo de frente contra uma prima dela, a Rainha Mary I Stuart, da Escócia. É que a Mary I era considerada por alguns grupos políticos de outros países como a “verdadeira Rainha da Inglaterra”, já que a Elizabeth I tinha sido deserdada e excluída da linha de sucessão quando ainda era criança, o que tornava ilegal a permanência dela no trono. Só que a Mary I era escocesa, o que cortava pela metade a aceitação dela pelos ingleses. Afinal, em condições normais, nenhum povo gosta de ser governado por uma autoridade estrangeira, né? E, por ser católica, a Mary I colocaria a Inglaterra nas mãos do papa assim que ela chegasse ao trono, o que nenhum inglês também queria.
Por outro lado, a Elizabeth I era inglesa e protestante, sendo muito mais bem aceita por ter nascido na Inglaterra e por garantir a independência do país em relação à Igreja Católica.
Então, com exceção de algumas centenas de católicos que apoiavam a Mary I, todo o resto da população inglesa aceitava a Elizabeth I como rainha.
Em 1567, devido a um golpe de Estado, a Mary I foi deposta do Trono da Escócia e exilada de lá, indo parar na Inglaterra. E aí teve à frente de algumas conspirações pra derrubar a Elizabeth I e pegar o trono pra ela. Mas acabou sendo presa e, anos mais tarde, condenada à morte por conspirar contra a rainha.
Logo depois da prisão da Mary I, o papa excomungou a Elizabeth I e declarou ela deposta... “Deposta”?!rsrs É. Ainda não tinha caído a ficha da Igreja Católica de que ela não mandava em mais nada na Inglaterra. Aliás, pra sorte dos ingleses, nunca mais mandou, né?
Mas enfim: foi nessa Inglaterra que o William nasceu e cresceu.
Com 18 anos, ele se casou com a Anne Hathaway.
Sobre como foi o casamento deles, existem várias teorias. Aliás, é bom lembrar que sobre a vida pessoal do William existem muito mais suposições do que certezas. Ao contrário do que algumas pessoas devem imaginar, ele não é um dos personagens históricos dos quais a gente tem mais informações confiáveis. Existem muitos estudiosos da vida pessoal dele e especialistas nas obras dele, mas não existem especialistas na vida pessoal dele.
Bom, é claro que tem aqueles que ‘se consideram’ isso, né? Aqui no Brasil, por exemplo, tem uma crítica de teatro chamada Bárbara Heliodora, famosa pelo mau-humor, que acha que SÓ ela no Mundo entende de William Shakespeare, qualquer outra pessoa que fale sobre esse assunto tá errada e tal. Mas isso se encontra no Mundo todo, né?
Bom, suposições à parte, o casamento do William e da Anne não parece ter sido dos mais felizes. E a conclusão à qual a maioria dos historiadores costumam chegar é que era uma relação de indiferença que existia entre eles. Eles não odiavam um ao outro; parecia mais que não importavam um pro outro.
Desse casamento nasceram 3 filhos: a Susanna, em 1582 (pelo ano, é quase certo que a Anne já tava grávida dela quando se casou com o William), e os gêmeos Hamnet e Judith, em 1585.
Em algum momento entre 1585 e 1594, o William deixou a família em Stratford e se mudou pra Londres, onde começou a carreira de ator e autor teatral.
Há uma suposição de que, a partir daí, ele adotou o nome artístico de William Shakspere, sem o 1º E e sem o 2º A, já que ele sempre assinava o nome assim.
Em 1594, foi fundada a companhia de teatro Lord Chamberlain’s Men, da qual ele fez parte. Mas sobre o tipo de participação que ele teve no grupo, também há muitas teorias e poucas certezas.Em 1599, foi construído o Globe Theatre, o principal teatro da Inglaterra na época, e onde foram encenadas as principais peças do William. Aliás, um dos donos desse teatro foi ele.


Em 1603, morreu a Elizabeth I, deixando como herança a Inglaterra mais evoluída do que nunca tinha sido antes: o país mais poderoso do Mundo, na época. Mas, apesar de ter governado o país por quase 45 anos, ela nunca se casou e nunca teve filhos, morrendo sem herdeiros. Conclusão: quem herdou o trono dela foi o Rei James VI Stuart, da Escócia, filho da odiada prima Mary I.
Com a subida ao trono do novo rei, que passou a patrocinar a companhia do William, essa mudou de nome pra King’s Men.
Em Junho de 1613, o Globe Theatre foi destruído por um incêndio. Mas foi reconstruído no ano seguinte.
Não se sabe exatamente a causa da morte do William. Pra variar, sobre esse assunto também tem muito “Eu acho isso”, “Eu acho aquilo” e tal. Mas ele morreu em 23 de Abril de 1616, com 52 anos.
Ele é considerado, sem dúvida, o maior escritor de Língua Inglesa que já existiu.
Atualmente, as peças dele já foram encenadas em praticamente todos os países do Mundo.Várias obras são atribuídas a ele, inclusive uma grande quantidade de poemas anônimos. Mas as obras que são consideradas oficialmente dele são 154 sonetos, 2 poemas narrativos e 38 peças de teatro. Mas, mesmo sobre essas peças, depois de já terem sido submetidas a uma releitura de alguns historiadores, existe uma certa dúvida em relação à autoria. É que alguns mantêm a idéia de que muita coisa ali foi apenas assinada por ele, mas escrita pelo Francis Bacon, o Visconde de St Alban.


A idéia é de que o William não tinha cultura geral o suficiente pra escrever sobre os temas que escreveu. E o Francis, apesar de ser um escritor amador, que escrevia por prazer pessoal, tinha vergonha de publicar os próprios textos. Assim, eles teriam combinado de fazer uma... ‘troca’, né? Um escrevia as histórias e o outro assinava. De qualquer forma, é só uma suposição entre tantas, né?
Em alguns sonetos do William, algumas pessoas enxergam mensagens implícitas de relações íntimas que ele viveu: uma com uma mulher casada e outra com um homem.

Oggi parleremo un po’ di un personaggio che, penso io, non è sconosciuto a nessuno: l’attor, autor teatrale e poeta inglese William Shakespeare.
Lui è nato nell’Aprile del 1564, a Stratford-upon-Avon, nel Warwickshire.
William è stato a Stratford quando era bambino e adolescente.
In quell’epoca, la Regina di Inghilterra era Elisabetta I Tudor, nemica della Regina di Scozia, Maria I Stuart. Questa era vista per alcuni come la “vera Regina di Inghilterra”, così come Elisabetta era vista come un’usurpatrice. Però Maria I era nata nella Scozia, quello che non la faceva benvenuta agli inglese. Comunque fosse, chi vorrebbe una regina straniera? E lei era anche cattolica: certamente pensava di fare dell’Inghilterra un territorio del papa.
Elisabetta I era inglese e protestante, essendo vista come l’opposto di Maria I per gli inglesi. Chiaramente, c’erano delle centinaia di inglese che volevono Maria I come regina. Ma gli altri inglesi, tutti quanti, volevono Elisabetta I.
Nel 1567, Maria I ha perduto il suo regno ed è arrivata nell’Inghilterra, dove ha fatto il possibile per usurpare il trono di Elisabetta I. E per questo, sarebbe stata in stato di arresto e, dopo alcuni anni, morta.
Un po’ prima di questo, Elisabetta ha avuto la scomunica del papa, che l’ha detta deposta.rsrsrs Sapiamo che questo è stato veramente stupido. Ma la Chiesa Cattolica stupidamente pensava che l’Inghilterra era ancora sua. Però, grazie a Dio, non lo sarebbe mai più.


Cuando William tenía 18 años, casó con Anne Hathaway.
Hay muchas suposiciones hablando del casamento de ellos. Y es necesario recordar que, sobre la vida personal de William, hay mucho más suposiciones que convicciones. El no es uno de los personajes históricos de quien tenemos más informaciones seguras.
Es claro que hay personas que piensan que saben de él más que cualquier otra persona, come la feroz crítica de teatro brasileña Bárbara Heliodora. Pero hay personas así en todas las partes, ¿verdad?
Bueno, lo más posible es que el casamento de William y Anne no fue muy feliz. Uno no era casi nada (o nada) importante para el otro.
Ellos tuvieron 3 hijos: Susanna, Hamnet y Judith.
Entre 1585 y 1594, William dejó su familia y se fue para Londres, empezando su carrera de actor y autor de teatro.
Hay quien dice que él tuvo entonces el nombre artístico de William Shakspere.
En 1594, empezó el Lord Chamberlain’s Men, un grupo teatral del cual él fue miembro.
El Globe Theatre, donde serían montadas las principales piezas de William, fue hecho en 1599.


Queen Elizabeth I died in 1603, leaving England as the most powerful country in the World, at that time. But during her almost 45-year-long reign, she never had gotten married or had children. So, there was basically nobody to be the next king/queen after her. And King James VI of Scotland (Queen Mary I Stuart’s son) had to be her successor.
This king was the patron of William’s company: King’s Men.
The Globe Theatre was destroyed by fire in 1613. But it would be rebuilt 1 year later.
William died at 52, on April 23rd, in 1616. But nobody knows clearly how or why.
He’s seen to now as the greatest English-languaged writer.
William’s plays are known in every country in the World.
There are many anonymous poems said to be written by him. But officially he wrote 154 sonnets, 2 long narrative poems, and 38 theater plays. But some historians say some of these plays weren’t written by him. Francis Bacon, Viscount of St Alban, is said to be the real author of many of his plays, basically because he had the necessary culture to write those plays, and William didn’t. And Francis used to write for himself sometimes, but he was too shy to publish his texts. So, he and William changed the places to make the plays. Anyway, it’s only a supposition.
Some people say they can see messages in William’s sonnets talking about his relationship with a married woman and with a man.


Até mais! Bom fim de semana!

8 Comments:

Blogger Alberto Pereira Jr. said...

adoro teatr.. e as poucas peças q li e vi de shakespeare foram excelentes.. acho q faz parte desse personagem histórico todos os mistérios que rondam sua vida pessoal e suas criações..

ótimo texto!

2:17 PM  
Blogger Leo Carioca said...

Obrigado!
Também gosto muito de teatro. Mas, pra ser sincero, acho que a única peça que eu vi dele foi ´Noite de Reis`.
Quanto aos mistérios da vida dele, acho que vão permanecer pra sempre, né?
Até mais!

2:13 AM  
Anonymous Jorge said...

Olá Boa Tarde

Prmita-me felicitá-lo aqui a partir deste cantinho da europa, mais exactamente de Lisboa, pelo seu extraordinário post sobre o grande escritor inglês.

Está efectivamente extraordinário.

1:10 PM  
Anonymous Jorge said...

olá Leo uma vez mais...

Há pouco deixei um comentário e de seguida fui xeretar como vocês dize por aí, o seu blog e só posso dizer-lhe que adorei e creia que o virei visitar mais vezs.

Um abraço gay a partir de Lisboa

2:55 PM  
Blogger Tiago Conselheiro said...

Legal o texto e todo histórico
Sem dizer da recomendação pública!
Ao qual todos somos convidados e conseguiu grandes proproções este ano!

Add?
Add?

Boa Semana!
:D

6:35 PM  
Blogger Leo Carioca said...

Jorge→ Muito obrigado!
Seja bem-vindo e volta sempre que quiser!
Um abraço!

Tiago Conselheiro→ Não entendi o ´´Add?``!rs
Tá perguntando se eu tenho MSN? Não. Mas se você quiser, depois eu passo meu e-mail pra você, tá?
Bom semana também!

2:56 AM  
Blogger kinho said...

oi leo

William Shakspere, deu ao povo e a todo o mundo uma inpressionante visão do que um "homossexual" é capaz de fazer ,invetar, criar e recriar aquilo que ainda não foi feito..
a ele meu muito obrigado por criar a estoria de amor mais bonita de todos os tempos "romeu e julieta"

beijos
kinho

2:41 PM  
Blogger Leo Carioca said...

Eu acho que é a mais trágica de todos os tempos, né?

2:48 AM  

Postar um comentário

<< Home