3/31/2007

DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Olá!!!

Gente, já que no post precedente eu falei sobre a WCF, o link de utilidade pública que eu vou deixar aqui esse mês vai ser o do site do Instituto WCF Brasil, que é a filial brasileira do WCF. Aliás, foi fundado pessoalmente pela Rainha-consorte Silvia. Tá aí:

http://www.wcf.org.br/

Bom, hoje eu vou falar com vocês sobre um assunto meio polêmico: o retrocesso que algumas mulheres tão tendo na evolução.
No dia 08 desse mês foi comemorado o Dia Internacional da Mulher. Mas, sinceramente, vocês acham que isso ajuda a dar fim ao preconceito contra a mulher?
Porque olhem só: não existe Dia Internacional do Homem. Se existisse, a gente poderia falar em igualdade e em combate à discriminação. Mas tendo um dia específico pra mulher, a mensagem que tão passando é: “A mulher é tão inferior ao homem que precisamos criar um dia pra ela pra lembrar que ela tem valor”.
É mais ou menos o mesmo princípio do cavalheirismo, né? Porque o cavalheirismo não é nada mais, nada menos do que um machismo romântico. Quando um homem levanta e dá o lugar pruma mulher sentar, por exemplo, o que fica implícito é que, apesar dele ser um ser superior, ele vai fazer a gentileza de ceder o lugar dele prum ser inferior sentar. Só que isso é transmitido de uma forma romântica. Então, muita gente nem percebe que a idéia é do homem se considerando aí superior à mulher.
Talvez lá pelos anos 60, quando o feminismo tava mais em ebulição, as pessoas percebessem mais isso. Naquela época, a mulher tava realmente lutando pelos direitos dela e caçando todos os vestígios de machismo que ela encontrava pelo caminho.
Hoje, a gente tá naquela fase em que o feminismo acaba no 1º pneu furado, né? A mulher pode até fazer um discurso feministóide. Mas na hora de passar da teoria pra prática, ela vira uma verdadeira amélia dependente. Mesmo que ela consiga resolver o problema sozinha (e quase sempre consegue), ela tem que fingir que não consegue e pedir pra outra pessoa (geralmente um homem) ajudar.
A explicação que a mulher costuma dar é que, se ela demonstrar muita independência, ela tem medo de ficar sozinha e não conseguir arranjar um companheiro ou uma companheira.
Aliás, outra coisa engraçada: hoje a gente encontra mais mulher querendo casar do que mulher querendo lutar pelos seus direitos. E a obsessão da mulher pelo casamento é uma coisa de antes, durante e depois de conseguir esse casamento, né? Se ela tá solteira, ela tá procurando neuroticamente por um companheiro (ou companheira); se ela já conseguiu um companheiro (ou companheira), ela acha que tem que agüentar de tudo e fazer qualquer sacrifício pra manter a relação; se a relação chegou a um ponto em que dali pra frente não deu mais certo e acabou, ela pode não ter feito nada, mas ela se sente absolutamente culpada por aquilo não ter dado certo.
É por essas e por outras que tem um ditado, que muitos de vocês já devem ter ouvido falar, que diz:

“Mulher não se casa com o marido. Mulher se casa com o casamento”.

E é com o casamento mesmo. Não é nem com a relação a 2. Que a mulher tem aquela fixação em um dia entrar na igreja vestida de noiva, ser o centro de todas as atenções no dia, jogar o buquê e tal.
Bom, é claro que existem centenas e centenas de exceções. Mas, na maioria das vezes, ainda não é isso o que a gente vê?
Com o homem, a gente vê que pode existir um interesse em ter uma relação a 2 (mas não necessariamente um casamento); se ele tá solteiro, não há uma obsessão em conseguir um companheiro (ou companheira) a qualquer preço; se ele já conseguiu um companheiro (ou companheira), ele pode até aturar várias situações difíceis pra manter a relação, mas a paciência dele pra isso geralmente é bem mais curta do que a da mulher; e se houve uma separação, geralmente ele sai da relação como se tivesse tirado um peso de 500 kg das costas, e geralmente sem culpa nenhuma.


É claro que eu digo a mesma coisa que disse antes: também existem centenas e centenas de exceções.
Exatamente por causa disso, o que é que a gente vê em relação à duração das relações a 2? Um casal de gays raramente dura mais de 10 anos, um casal hétero dura um tempo médio e um casal de lésbicas é que costuma durar mais. Porque quando são 2 homens, eles só vão querer ficar um com o outro pra sempre se eles realmente amarem muito, muito, muito um ao outro. De outro modo, diante dos primeiros problemas que aparecerem, os 2 já vão começar a pensar em se separar. Num casal hétero, geralmente o homem já pensa em se separar diante dos primeiros problemas, mas a mulher, com a tal obsessão pelo casamento, tenta segurar a relação até um ponto em que realmente não dá mais. E num casal de lésbicas, aí são 2 tentando manter a relação a qualquer preço. Por isso que dura mais tempo.
Sinceramente, não sei até que ponto isso é bom. Porque é claro que fazer o possível pra manter uma relação que faz bem e que dá prazer a ambas as partes é sempre válido. Mas querer manter uma relação a qualquer preço, mesmo que essa relação já não tenha mais salvação, mesmo que essa relação teja fazendo mal a você, não me parece uma atitude muito inteligente.
Então, acho que a mulher deixar de lutar pelos seus direitos e passar a se preocupar em 1º lugar em manter uma relação é dar um passo pra trás na evolução, né? Dá a impressão de que ela tá pegando todas as conquistas feministas que foram feitas nas últimas décadas e jogando tudo pelo ralo a baixo.
É bobagem a gente pensar que, no Mundo que existe, alguém vai chegar a algum lugar sendo SÓ romântico, SÓ voltado pra fantasia e SÓ sentimental. Por mais voltado pro lado sentimental que você seja, você não pode jogar o lado racional no lixo. E, infelizmente, é isso que a gente vê muitas mulheres fazendo.

En el último día 8, fue conmemorado el Día Mundial de La Mujer.
¿Pero uds piensan que eso ayuda a dar fin al prejuicio contra ellas? Hasta mismo porqué no hay el Día Mundial del Hombre. Así, no se puede hablar de igualdad. Y es como decir: “Por las mujeres seren inferiores a los hombres, deben de tener un día para ellas. Por los hombres ya seren superiores, ellos no lo necesitan”.
Es más o menos el mismo tipo de situación de cuando un hombre dá su silla para una mujer sentarse. Pero en ese caso, es un machismo romántico. Yo pienso que, en los años 60, cuando el machismo era más mal visto, situaciones machistas así eran percebidas con más facilidad. Pero hoy, por muchas veces, se pueden ver más mujeres deseando casar que mujeres deseando luchar por sus derechos.
Bueno, en el Mundo que existe, no es posible dedicarse solo al lado sentimental y olvidarse del lado racional. Es triste ver que algunas mujeres lo están haciendo.

March 8th was the International Women’s Day.
But do you guys think it helps to finish with the prejudice against women? Even because there isn’t the International Men’s Day. So we can’t talk about equal rights. It’s like saying: “Women are inferior. So, they need their own day. Men are superior. So, they don’t need that”.
It’s more or less the same kind of situation when a man gives his seat to a woman. But this is a kind of a romantic machismo. I think in the 60s, when machismo was seen as something very, very bad, people could see that more clearly. But nowadays, some times, we see more women looking for a marriage than looking for their rights.
Well, if you want to live in the real World, you can’t think only about your emotional side and forget your rational one. Unhappily, we can see some women are doind that.

L’ultimo giorno 8 è stata la Giornata Internazionale della Donna.
Ma vi sembra che questo aiuta a dare la fine al pregiudizio contro le donne? Anche perché non c’è la Giornata Internazionale dell’Uomo. Così, non si puo parlare di uguaglianza. È come dire: “Le donne sono inferiori e, per questo, hanno bisogno d’un giorno loro. Gli uomini sono superiori e, per questo, non ne hanno bisogno”.
È più o meno la stessa cosa di quando un uomo da la sua sedia ad una donna. Ma questo è un machismo romantico. Io credo che, negli anni 60, quando il machismo era visto come qualcosa veramente orribile, si vedeva le situazioni così più chiaramente. Ma oggigiorno, alle volte, si vede più donne cercando un matrimonio che cercando i loro diritti.
Bene, nel Mondo che c’è, non è possibile pensare solo al lato sentimentale e dimenticare il razionale. È triste vedere che alcune donne lo stano faccendo.

Bom, eu volto na Segunda com a enquete nova e as datas comemorativas de Abril. Bom fim de semana e até lá.

10 Comments:

Blogger Trintinha said...

Amigoooooooooooooo! Blz? Segunda voltro pra ver a nova enquete, ok?
Beijos!

11:18 PM  
Anonymous carioca said...

Tá bom. Até Segunda.
Beijos!

1:15 AM  
Blogger Blog Adoro Cueca said...

Realmente um príncipe o gatinho de baixo hein?! Sorte de quem pegar!

1:50 AM  
Blogger Luiz Pep said...

Isso mesmo, eu sempre reclamo aqui na minha firma que não acho legal o dia inter da mulher, elas recebem metade do dia de folga e presentinho, hoje em dia infelizmente, as mulheres estão deixando o feminismo e se tornando manipuladoras, para consegur o que querem.

6:42 AM  
Blogger Carioca said...

Adoro Cueca→ Com certeza!

Luiz Pep→ Bom, até existe o Dia NACIONAL do Homem. Mas não é feriado nem reconhecido internacionalmente.

12:17 AM  
Blogger Mariposo-L said...

Acho que o nome do dia esta errado deveria ! Dia internacional do Feminismo" mas de qualquer jeito é apenas + uma ideia que só e lembranda quando convem ,,,

8:41 AM  
Anonymous carioca said...

Eu diria que o feminismo é lembrado quando convém pelas próprias mulheres.

3:11 AM  
Anonymous Anônimo said...

is done and is ready for use. So, to sum up one has to plug the [url=http://www.thehorizons.com/nike.htm]ナイキ フリー[/url] carrier communication channel. Wireless, power line carrier [url=http://www.thehorizons.com/nike.htm]シューズ nike[/url] Unlike readymade mens shirts, which offer only a limited choice [url=http://www.thehorizons.com/nike.htm]シューズ nike[/url] such as hospitals and clinics with chain, independent, and
it can be a breeze. What is a car jack? A car jack is a specialized [url=http://www.thehorizons.com/nike.htm]nike スニーカー[/url] upper part of the pumpkin, using the available stem as a grip [url=http://www.thehorizons.com/nike.htm]スニーカー ナイキ[/url] jack-o-lantern unattended. There should always be supervision. [url=http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm]ヴィトン バッグ[/url] a carving blade, while others like to work out the plan with a
has been utilized to liquid your current fruits and vegetables [url=http://www.thehorizons.com/nike.htm]シューズ nike[/url] a good quality from the stores, you can purchase them from the [url=http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm]ヴィトン バッグ[/url] be the least distortion. Use the transfer tool to poke holes along [url=http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm]http://www.thehorizons.com/louisvuitton.htm[/url] crossed my fingers that I would land this opportunity. The next

2:55 AM  
Anonymous Anônimo said...

is plugged in, the power outlet transmits a wireless signal from [url=http://www.theaudiopeople.net/nfl.html]Nike NFL jerseys[/url] in the past that I really enjoyed (and some not so much), but [url=http://www.theaudiopeople.net/nfl.html]http://www.theaudiopeople.net/nfl.html[/url] Some of us who are old enough remember his TV show that began [url=http://www.theaudiopeople.net/michaelkors.html]michael kors sale[/url] squaring the curve and keep that line level until the time when
house raking in a huge booty. With the Internet becoming so [url=http://www.theaudiopeople.net/michaelkors.html]michael kors bags[/url] remain robust for the long-term. With respect to jack-up analysis [url=http://www.theaudiopeople.net/beatsbydre.html]http://www.theaudiopeople.net/beatsbydre.html[/url] Casanova to the core, Black Jack was infamous for his lascivious [url=http://www.theaudiopeople.net/michaelkors.html]michael kors outlet stores[/url] evening, the person with the most pins wins a prize of your choice.
players a chance to rake in bigger money. Simple as they may sound, [url=http://www.theaudiopeople.net/michaelkors.html]michael kors sale[/url] that are low cost. Here are some suggestions: Online marketing [url=http://www.theaudiopeople.net/beatsbydre.html]http://www.theaudiopeople.net/beatsbydre.html[/url] compromised. The designers of this brand are some of the popular [url=http://www.theaudiopeople.net/nfl.html]http://www.theaudiopeople.net/nfl.html[/url] as you want without having to leave your desk! There are many

10:17 PM  
Anonymous Anônimo said...

http://prixviagragenerique50mg.net/ viagra achat
http://prezzoviagraitalia.net/ prezzo viagra
http://precioviagraespana.net/ viagra sin receta

10:41 PM  

Postar um comentário

<< Home