7/13/2007

UM TIPO FÍSICO BEM COMUM

Oi!!!
Hoje a gente vai dar uma olhada no artista brasileiro que tem o tipo físico mais comum de todos, o ator, diretor e roteirista Pedro Cardoso.

Pedro Cardoso Martins Moreira nasceu aqui no Rio, em 31 de Dezembro de 1962.
Ele foi o 2º filho (entre outros 5) de um advogado rico. E a mãe dele é prima do nosso ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.
Durante a infância, o Pedro gostava de jogar futebol e andar a cavalo. Mas apesar dessa dedicação inicial aos esportes, ele sempre seria magro e com jeito meio infantil.
O Pedro nunca gostou de estudar (aliás, ele mesmo reconhece que sempre foi um desastre como aluno). Então, o pai exigiu que ele fosse trabalhar. E na adolescência, ele trabalhou como office-boy na corretora de valores do avô, depois como entregador de pizza numa lanchonete e, por fim, foi ver o que conseguia no teatro, trabalhando como iluminador. Aí ele se interessou pela coisa e foi seguindo em frente.
Quando tinha condições de se sustentar, com 18 anos, ele decidiu sair de casa. E o pai achou bom ele ir viver a própria vida, já que era o que ele queria. Mas deixou claro que não ia ajudar ele em nada dali pra frente. E ele decidiu ir assim mesmo. No começo, foi difícil: ele chegou a ficar sem sequer telefone ou televisão em casa! Mas foi se virando do jeito que dava.
Em 1982, o Pedro conheceu o Felipe Pinheiro, um ator pouco mais velho do que ele e que se tornaria, na época, o melhor amigo dele.
Os 2 escreveram, dirigiram e atuaram juntos em várias peças de teatro. Todas seguindo o estilo Besteirol, ou seja, o humor pelo humor, sem se preocupar em transmitir mensagem nenhuma pro público.
O Pedro foi contratado pela Globo, em 1985. E não foi como ator, e sim como redator, pra escrever, junto com o Felipe, os textos da TV Pirata.
E foi o 1º emprego fixo do Pedro.
No final de 1989, nasceu a Luiza, a 1ª filha do Pedro com a atriz Maristela Provedel.
Em Junho de 1990, o Felipe e o Pedro foram entrevistados pelo Jô Soares. A entrevista tá no Youtube. Pra quem não viu, vou deixar o link aqui pro 1º bloco:

http://www.youtube.com/watch?v=8p6waDgF9ks

Tem mais 2 blocos da entrevista lá. É só clicar e assistir.
Bom, o 1º trabalho do Pedro como ator na Globo foi na série Anos Rebeldes, de 1992.
1993 foi o ano em que o Felipe chegou ao apogeu da carreira dele: reconhecido pelo grande público por interpretar o personagem Paulo Roberto, nos comerciais do Unibanco, ele foi convidado pra trabalhar na novela Olho No Olho, a 3ª dele na Globo. Mas no último fim de semana de Outubro, depois de dar uma festa, ele se fechou em casa e não entrou em contato com mais ninguém. Até que, na 2ª feira seguinte, quando a empregada chegou pra trabalhar, encontrou a porta do quarto dele trancada e chamou ajuda... Pouco depois, o corpo dele foi encontrado deitado na cama: com apenas 32 anos, ele tinha sido morto por um enfarte.
O Pedro ficou extremamente abalado com a morte do Felipe. E sempre que alguém tocava no assunto, na época, ele assumia uma fisionomia séria e ficava calado. Depois de 11 anos trabalhando junto com ele quase todo dia, e tendo perdido ele sem aviso e de um dia pro outro, foi difícil recolocar a cabeça no lugar.
Apesar de já ter feito vários trabalhos como ator na televisão, o Pedro só fez 1 novela até agora: Pátria Minha, em 1994. E ele reconhece que foi um grande impulso na carreira dele. Afinal, no Brasil, parece que fazer novela é um rito de passagem pra qualquer ator: o ator que nunca teve em novela nenhuma é visto meio de lado pelo público brasileiro, mesmo que já tenha feito vários outros trabalhos na televisão.
Nesse ponto, o Pedro diz que deve muito ao Dênis Carvalho e ao Gilberto Braga (o diretor e o autor de Pátria Minha).
Também em 1994, na época em que o Fernando Henrique era Ministro da Fazenda e se candidatou a Presidente do Brasil pela 1ª vez, o Pedro declarou em público que não votaria nele, mas sim no Lula. E ele diz que fez isso simplesmente porque queria ver o PT no poder e porque era preciso ter, pelo menos 1 vez, um presidente que tivesse vindo da classe mais pobre da população, o que nunca tinha acontecido no Brasil antes do Lula.
Mas o Pedro não teve nenhum problema de relacionamento com o Fernando Henrique por causa disso.
De 1995 a 1997, ele trabalhou como redator no seriado A Comédia da Vida Privada.
Também foi em 1997 que nasceu a Maria, a 2ª filha do Pedro com a Maristela.
Em Outubro de 1999, ele foi surpreendido por uma crise aguda de apendicite. Mas ele entrou na emergência do hospital, foi operado imediatamente e recebeu alta no dia seguinte.
Desde 2001, o Pedro tá no seriado A Grande Família, inspirado no seriado com o mesmo nome de 1975. O personagem dele é o Agostinho, que é, em termos, o vilão da história.
Apesar do grande passo que a carreira dele deu graças à Globo, ele reconhece que a hegemonia dessa emissora prejudica o desenvolvimento da teledramaturgia no Brasil.
Mesmo tendo sido no Rio a base toda da carreira teatral dele, o Pedro diz que gosta muito de trabalhar em São Paulo também, reconhecendo que a indústria teatral de lá é bem ativa. Até mais do que no Rio, pela própria quantidade de teatros paulistanos ser maior que a de teatros cariocas.
Ele se considera um ator de teatro, cinema e televisão. Mas reconhece que, no Brasil, o retorno financeiro de um ator tá mesmo é na televisão. Não adianta fingir que no teatro e no cinema o ator vai ser a mesma coisa em termos de dinheiro, porque não vai.
Numa entrevista à revista Isto É Gente, o Pedro lembrou que o dinheiro não tá onde você quer, mas simplesmente onde ele tá. E acabou. Você faz a opção de ir até onde ele tá ou não.
Ele teve até agora 25 trabalhos como ator na televisão e cinema e 5 como roteirista.
O Pedro gosta de levar a vida mais simples e mais popular possível. Algumas pessoas até se surpreendem quando encontram ele andando na rua, pegando ônibus, ficando em fila...
Ele gosta que o trabalho dele seja reconhecido. Mas só isso. Glamourização não é com ele!
Depois que se divorciou da Maristela, o Pedro se impressionou com a dificuldade que é dar conta do serviço doméstico. Ele diz que ter empregada doméstica é luxo. E, apesar dele ter uma, ele faz o que dá pra fazer do serviço doméstico. A mesma coisa em relação ao motorista: apesar de ter um, ele sempre vai buscar as filhas na escola quando dá.De todos os atores mais famosos do Brasil, o Pedro é considerado o que tem a aparência mais popular. O tipo físico dele é o de qualquer cara comum que você encontra em qualquer lugar. É ou não é?


Hoy hablaremos un poquito del actor, director y guionista brasileño Pedro Cardoso.
Pedro Cardoso Martins Moreira nació en Rio de Janeiro, el 31 de Diciembre de 1962, como uno de los 6 hijos de un matrimonio rico.
Cuando él era niño, le gustaban algunos deportes. Pero en verdad él sería siempre delgado y con una apariencia un poco infantil.
A Pedro no gustaba estudiar. Así, su padre lo hizo trabajar. Y después de haber sido office-boy y entregador de pizzas, él fue iluminador en un teatro. Y entonces conoció algunos actores.
Cuando tenía ya dinero para dejar su casa, con sus 18 años, él se fue a vivir solo. No tendría ní teléfono o televisión en su nueva casa, porqué su padre no lo ayudó con nada. Pero fue caminando así...
En 1982, Pedro conoció Felipe Pinheiro, un actor cási de la misma edad que él y que fue entonces su mejor amigo. Los 2 fueron actores, directores y autores de las mismas comedias teatrales del estilo Besteirol.
En 1985, Felipe y Pedro fueron autores del serial cómico
TV Pirata, de la estación TV Globo. Y ese fue el primer trabajo fijo de Pedro.
En 1989, nació Luiza, la primera hija de Pedro con la actriz Maristela Provedel.
En 1990, Felipe y Pedro tuvieron una entrevista por Jô Soares. Uds pueden clickar en el link arriba para verla (en Portugués) en el YouTube.

Pedro’s 1st time as an actor at Globo TV station was in the TV series
Anos Rebeldes (1992).
In 1993, he lost Felipe Pinheiro, his best friend and partner for 11 years. The 32-year-old Felipe was in
Olho No Olho (his 3rd soap at Globo), when he was killed by a heart attack in November.
Pedro became extremely schocked to Felipe’s death. Even because of the way which it happened. But he really would go ahead.
Even having been a TV actor for many times, Pedro’s been in only 1 soap to now:
Pátria Minha (1994). And he says it was a strong part of his TV career. Because, in Brazil, an actor who’s never been in a soap usually isn’t seen as a great actor (if he’s worked only in TV series or TV movies it doesn’t mean so much). In this way, Dênis Carvalho and Gilberto Braga (Pátria Minha’s director and writer) helped Pedro so much.
In 1994, Pedro’ cousin Fernando Henrique Cardoso ran for President of Brazil for the 1st time (and he would win). But Pedro didn’t vote for him. He voted for Lula, because he wanted to see somebody who was born as a poor person in Brazil’s presidence (and it had never happened to that time).
But Pedro didn’t have any personal problem to Fernando Henrique because of that.

Dal 1995 al 1997, Pedro ha lavorato come soggettista dello show
A Comédia da Vida Privada.
Nel 1997, è nata Maria, sua seconda figlia coll’attrice Maristela Provedel.
Nel 1999, Pedro ha avuto dei problemi di appendicite. Ma tutto è rimasto bene.
Dal 2001, lui è nella serie
A Grande Família. Il suo personaggio è il ‘cattivo’ Agostinho.
Pedro si vede come un attore di teatro, cinema e televisione. Ma lui dice che in Brasile qualche attore guadagna di più solo alla TV. Non si può pensare che sarà lo stesso al cinema od al teatro. I soldi non sono dove l’attore lo vuole, ma sì dove essi ci sono.
Pedro dice che lo sviluppo della TV brasiliana non è più grande grazie alla stazione TV Globo.
La sua carriera teatrale è sviluppata a Rio de Janeiro. Ma anche gli piace avere i suoi show teatrali a São Paulo.
Pedro ha avuto fino adesso 25 lavori come attore alla TV ed al cinema e 5 come soggettista.
Lui fà quello che può per avere la vita più semplice possibile.
Dopo aver divorziato da Maristela, Pedro ha capito che lavorare a casa è veramente difficile. Anche così, lui ha una colf, ma fà il possibile per lavorare anche lui a casa.
Fra gli attori brasiliani più conosciuti, lui è visto come il tipo più poppolare. Lui è come quella persona che si vede in qualche posto della società brasiliana.


Bom fim de semana e até a próxima!

12 Comments:

Blogger RIC said...

Olá Leo!
Como calculas, também aqui ele é conhecido por desempenhos em telenovelas. Adoro o sorriso!
E parece-me ser uma daquelas personalidades que não são no mínimo afectadas pelo «estrelato»! Para mim, um sinal de inteligência!
Bom fim-de-semana para ti também!
Abração! :-)

5:54 AM  
Blogger Anderson Kbção said...

ola Léo, muito obrigado pelos cumprimentos:)
agora que conheço teu blog, estarei sempre por aqui!
tenha um otimo fim de semana!

12:24 PM  
Blogger Bofiscândalo said...

ola como vai? Sabe que adoro o Pedro Cardoso, ele tem um Humor fino, no duplo sentido claro, rsrsrsrsrs abção ate mais

2:39 PM  
Blogger Vitor said...

Ele realmente é muito talentos, gosto muito de todas as participações que ele faz em filmes e no seriado "A Grande Família".

2:45 AM  
Anonymous Leo Carioca said...

Ric→ Eu diria que ele é popular em todos os sentidos, né?
Abração!

Anderson Kbção→ Claro! Volte sempre que quiser.
Vou voltar ao seu blog também.

Bofiscândalo→ Também gosto dele.
Abração!

Vítor→ Eu também.

3:48 AM  
Blogger KAIKE said...

não gosto do predo cardoso...
não acho ele um bom ator...
beijão

3:56 AM  
Blogger Blog do Jean said...

Olá Carioca, blz?

Gostei muito da matéria sobre o ator Pedro Cardoso, falar a verdade nem lembrava desse outro ator que trabalhou com ele e depois faleceu. Tb gostei de saber q o apresentador do jornal hoje pode ser bissexual, assisto sempre o jornal dele, agora mais ainda (rs).
Beijos...

6:39 PM  
Blogger Apenas Alguém said...

realmente ele é uma comédia
estou d volta na area
tava sem net, mas aos pokos to me estabilizando
vlw por suas visitas e comentários
té mais
Apenas Alguém

6:50 PM  
Anonymous Leo Carioca said...

Kaíke→ Tá certo. É uma opinião.
Beijão.

Jean→ Aliás, já vão fazer 14 anos que ele morreu! Como o tempo passa, né?
Beijos.

Apenas Alguém→ Tá ótimo. Daqui a pouco eu passo no seu blog.
Até!

3:40 AM  
Blogger carioca20 said...

Eu acho o Pedro Cardoso sensacional! Super talentoso! E eu não sabia que ele era, de certa forma, parte do FHC!!

legal saber.

Bjao

1:58 AM  
Anonymous Leo Carioca said...

Bom, ele é mais Lula, né?rs
Beijão.

3:29 AM  
Anonymous Anônimo said...

Hoje é dia 01 de Novembro de 2010.
Estão se completando 17 anos que o Felipe foi embora. E assim como naquele dia, 01 de Novembro de 1993, hoje também é uma Segunda-Feira.
Você faz muita falta por aqui Felipe. Espero que esteja tudo bem por aí.
Muita luz pra você.

12:37 PM  

Postar um comentário

<< Home